Melhores jogos da carreira de Michael Jordan na NBA

Seis partidas que simbolizam a carreira do melhor jogador de basquete da história

Michael Jordan NBA
Seis partidas que simbolizam a carreira do melhor jogador de basquete da história. (iStock)

No Brasil, terra do futebol, é comum usar o nome de Pelé para se referir a uma pessoa que atinge o mais alto nível de uma atividade. Nos Estados Unidos, o mesmo pode-se dizer do nome de Michael Jordan. Apesar de existirem discussões sobre quem é o maior jogador de basquete de todos os tempos, para a maioria é quase inegável de que ninguém é maior do que Jordan.

Seis títulos de NBA em seis Finais disputadas, em todas foi eleito o MVP. Eleito o MVP de cinco temporadas. Calouro do ano em 1985. 14 vezes All-Star. 10 vezes o cestinha da temporada. A lista de conquistas de Michael Jordan na NBA é gigantesca, assim como, a de shows de MJ em quadra. Dono de uma mentalidade extremamente competitiva, Michael era implacável e proporcionou jogos e lances espetaculares. Por isso, nós do Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, listamos abaixo os seis melhores jogos da carreira de Michael Jordan na NBA:

6. Chicago Bulls x Phoenix Suns – Jogo 4, Finais NBA 1993

Na busca pelo tricampeonato, os Bulls tinham pela frente a melhor equipe da Conferência Oeste, do então eleito MVP da NBA, Charles Barkley. Novamente, Michael Jordan não queria deixar dúvidas de quem era o dono da melhor liga de basquete do mundo, prova disso foi o jogo 4 das Finais de 1993. Barkley foi excelente, com direito a um triplo duplo, com 32 pontos, 12 rebotes e 10 assistências, mas Jordan foi ainda melhor, com 55 pontos, liderou os Bulls para mais a terceira vitória na série e encaminhou o terceiro título da NBA. 

Estatísticas de Jordan na partida:

MinutosPontos AssistênciasRebotesTocosRoubosTurnoversAcerto de Arremesso %
46min554800156.8

 

5. Cleveland Cavaliers x Chicago Bulls – Jogo 5, 1ª rodada dos Playoffs 1989

Eleito o jogador mais valioso da temporada anterior, Michael tinha ainda mais pressão para levar o Chicago Bulls longe na pós-temporada. Ainda na 1ª rodada dos playoffs de 1989, os Bulls, que terminaram na sexta colocação da Conferência Leste com recorde de 47-35, enfrentaram os Cavaliers, terceiro colocados com 57 vitórias e 25 derrotas. 

Com a série empatada em 2 a 2, os Bulls disputaram o jogo 5 fora de casa. Jordan teve uma atuação de gala, com 44 pontos e que foi coroada nos segundos finais da partida. Chicago estava perdendo por 100 a 99, quando Jordan marcou a cesta da vitória no estouro do cronômetro e encerrou a série. O lance ficou conhecido como “The Shot” (“O Arremesso”) e marcado para a história. 

Estatísticas de Jordan na partida:

MinutosPontos AssistênciasRebotesTocosRoubosTurnoversAcerto de Arremesso %
44min446901253.1

 

4. Cleveland Cavaliers x Chicago Bulls – Temporada Regular 1990

Quase um ano após ter feito “The Shot”, Michael encontrava novamente os Cavaliers, porém, ainda mais motivado, já que ainda não tinha conseguido conquistar um título com os Bulls. Jordan teve mais uma partida marcante contra os Cavs, marcando nada mais nada menos do que 69 pontos, o seu recorde da carreira. O jogo foi para a prorrogação, mas terminou com vitória dos Bulls, por 117 a 113, com um aproveitamento absurdo de Jordan, que acertou 23 de 37 arremessos de quadra. 

Estatísticas de Jordan na partida:

MinutosPontos AssistênciasRebotesTocosRoubosTurnoversAcerto de Arremesso %
50min6961814262.2

 

3. Utah Jazz x Chicago Bulls – Jogo 5, Finais NBA 1997

Impossível falar das grandes performances de Michael Jordan e não mencionar “The Flu Game”. O que você consegue fazer gripado? Michael liderou os Bulls fora de casa contra o Utah Jazz para uma importantíssima vitória nas Finais da NBA de 1997. 

O Jazz da dupla John Stockton e Karl Malone dava sinais de que poderia ser o time a conseguir bater os Bulls nas Finais e teria em casa, com a sua torcida extremamente hostil e barulhenta, o jogo 5. A série estava empatada com duas vitórias para cada lado, como se não bastassem essas adversidades, os Bulls tinham um problema ainda maior. Michael Jordan foi diagnosticado com um vírus estomacal. Ainda assim, extremamente debilitado, Michael conseguiu liderar a grande virada de Chicago na partida, anotando uma bola de três decisiva nos momentos finais do jogo. 

Estatísticas de Jordan na partida:

MinutosPontos AssistênciasRebotesTocosRoubosTurnoversAcerto de Arremesso %
44min17s385713348.1

 

2. Boston Celtics x Chicago Bulls – Jogo 2, 1ª rodada dos Playoffs 1986

A segunda temporada de Michael Jordan na NBA foi de certa forma frustrante para todos, devido a uma fratura no pé. Fora da maior parte dos jogos, Michael voltou ainda temporada regular, mas com restrição de minutos de quadra (7 minutos por quarto). Com a meta pessoal de não ficar de fora dos playoffs, Michael conseguiu chegar à pós-temporada com os Bulls na última colocação da Conferência Leste. Assim, os adversários na 1ª rodada dos playoffs eram os Celtics. 

A franquia de Boston era a grande favorita, cheia de jogadores lendários Kevin McHale, Robert Parish, Bill Walton, Dennis Johnson e com o então MVP Larry Bird. No entanto, o jovem Michael Jordan não demostrou qualquer intimidação e apesar dos Bulls perderem a série por 3 a 0, Michael teve uma atuação espetacular. Especialmente no jogo 2, Jordan estava imparável, marcou incríveis 63 pontos em pleno Boston Garden. O próprio Larry Bird disse que "Michael Jordan é Deus disfarçado de jogador de basquete"

Estatísticas de Jordan na partida:

MinutosPontos AssistênciasRebotesTocosRoubosTurnoversAcerto de Arremesso %
53min636523453.7

 

1. Utah Jazz x Chicago Bulls – Jogo 6, Finais NBA 1998

Difícil encontrar outra partida que possa simbolizar tanto a carreira de Michael Jordan quanto a sua última com a camisa do Chicago Bulls. Em busca do segundo tricampeonato, Bulls repetiu as Finais da temporada anterior, com o Utah Jazz de adversário. Jordan teve uma atuação de gala como era de se esperar, porém, a forma como sacramentou o sexto título foi algo histórico. 

Os Bulls lideravam a série por 3 a 2 e uma vitória no sexto jogo, fora de casa, daria o título. Nos segundos finais, o Jazz venciam por três pontos de vantagem, Michael infiltrou e marcou para deixar a diferença em apenas um ponto. Era a vez de Utah atacar, no entanto, Michael roubou a bola do então MVP Karl Malone, conduziu-a para o ataque, queimou tempo do cronômetro, deixou Byron Russell, seu marcador, no chão, e marcou a cesta que deu a sexto título para os Bulls. Assim, Jordan encerrou sua passagem com o Chicago Bulls. 

Estatísticas de Jordan na partida:

MinutosPontos AssistênciasRebotesTocosRoubosTurnoversAcerto de Arremesso %
43min41s451104142.9
Carrinho
SimplesCombinada

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!

R$00.000,00

O que é Jogo do Bem?

O Jogo do Bem é uma iniciativa pioneira do Betsul. Com ele, suas apostas esportivas também contribuem para uma sociedade melhor. A cada aposta realizada, parte do valor é destinado a uma causa ou uma instituição social. E tudo isso sem custos adicionais ao jogador.