NBA: conheça as estrelas com os maiores salários da liga

Numa liga recheada de astros, os principais atletas recebem salários astronômicos

Clubes desembolsam milhões para pagar suas principais estrelas (iStock)

A temporada 2020/21 da NBA começou e com ela algumas mudanças importantes também chegaram. A mais impactante está na disponibilidade que cada time terá para gastar pelos próximos meses, bastante reduzida devido aos ajustes promovidos pela liga por conta da pandemia de coronavírus. Apesar de as arquibancadas voltarem a receber público, a capacidade muito reduzida se tornou um fator decisivo para a arrecadação dos clubes.

Ainda assim, tem muito jogador da NBA que vai poder ficar tranquilo com o salário que receberá de seu clube para defendê-lo nos 72 jogos da temporada regular (sem falar nos playoffs). Em uma liga repleta de astros, vamos conferir quais são aqueles com os melhores salários do ano! As informações são da ESPN dos Estados Unidos.

10. Klay Thompson (Golden State Warriors)

Apesar de ter o 10º maior salário da NBA e o segundo maior do Golden State Warriors, você (provavelmente) não verá Klay Thompson em ação. Com uma contusão no tendão de aquiles que tende a tirá-lo da temporada inteira (isso aconteceu em um treinamento, quando o atleta voltava à ativa após quase um ano parado por outra lesão).

Mesmo assim, o Golden State Warriors pagará ao ala-armador 35,3 milhões de dólares (R$ 186,6 milhões), uma fatia considerável do que a franquia tem à disposição na temporada para investir em salários.

9. Paul George (Los Angeles Clippers)

O supertime do Los Angeles Clippers tem em Kawhi Leonard o seu grande astro, mas é Paul George o jogador mais caro da folha salarial da franquia. Com um talento impressionante, o ala de 30 anos é responsável por custar 35,4 milhões de dólares (R$ 182,8 milhões) na temporada, sendo o oitavo mais caro da NBA na atualidade.

8. Blake Griffin (Detroit Pistons)

Hoje o Detroit Pistons não é mais lá a franquia que foi há alguns anos, mas ainda assim conta com algumas estrelas da NBA. A maior delas é Blake Griffin, ala-pivô com uma força descomunal e habilidade impecável dentro do garrafão. Responsável por números acima da média quase sempre, o jogador receberá 36,8 milhões de dólares (R$ 190 milhões) pela temporada 2020/21.

7. LeBron James (Los Angeles Lakers)

Atual campeão da NBA, LeBron James tem o sétimo salário mais caro da temporada. Pode parecer estranho, mas é normal. Por estar chegando em um time que se reestruturava, “King James” abriu mão de um salário do tamanho de sua carreira para jogar em uma equipe competitiva.

Ainda assim, o camisa 23 dos Lakers receberá do clube 39,2 milhões de dólares (R$ 202,4 milhões) para ajudar a franquia a defender o título da liga.

6. Kevin Durant (Brooklyn Nets)

Fenômeno da NBA, Kevin Durant tem “apenas” o sexto salário mais alto da temporada da NBA. Depois de ter voltado a atuar na reta final de 2019/20, o grande nome do Brooklyn Nets espera ter dias melhores nos próximos meses, finalmente levando a franquia longe na pós-temporada. 

Para isso, nada menos do que 40,1 milhões de dólares (R$ 207,8 milhões) foram depositados em sua conta para esse próximo ano de NBA.

5. James Harden (Houston Rockets)

James Harden é a grande estrela do Houston Rockets e considerado por muitos como um dos maiores gênios da história do basquete. Por isso mesmo que o armador conhecido por sua extravagante barba é tão valorizado pela franquia do Texas. Com o maior salário do clube, ao lado de um recém-chegado, o camisa 13 receberá pela temporada 2020/21 41,2 milhões de dólares (R$ 212,7 milhões).

4. John Wall (Houston Rockets)

Russel Westbrook deixou os Rockets nesta temporada e para repor à altura o posto de uma das estrelas do time chegou John Wall, numa das grandes trocas desta temporada. Agora em um time que tem aspirações muito maiores, o armador do Houston terá a responsabilidade de ajudar Harden a finalmente levar a equipe às finais da NBA. Para isso, terá um salário astronômico de 41,2 milhões de dólares (R$ 212,7 milhões).

3. Chris Paul (Phoenix Suns)

O Phoenix Suns quer voltar a ser postulante ao título da NBA e para que a estrela Devin Booker tenha ajuda nesta missão chegou o experiente Chris Paul, de 35 anos. Para contar com o astro, a franquia investiu alto. Afinal, além de ceder quatro jogadores ao Oklahoma City Thunder, antigo clube de “CP3”, pagará um salário de 41,3 milhões de dólares (R$ 213,2 milhões) só nesta temporada.

2. Russell Westbrook (Washington Wizards)

Russell Westbrook não é de longe aquele jogador que apareceu de maneira espantosa no Oklahoma City Thunder há alguns anos, mas, apesar de ser questionado por muitos e por vir de temporadas decepcionantes, ainda está muito valorizado no mercado. Basta ver a troca feita por Washington Wizards e Houston Rockets para contar com o armador. 

Além de ter cedido John Wall, o time da capital pagará 41,3 milhões de dólares (R$ 213,2 milhões) para o atleta defender a equipe em 2020/21

1. Stephen Curry (Golden State Warriors)

Um dos maiores chutadores de três da história da NBA, muitos colocam em Curry a responsabilidade pela transformação que aconteceu na liga nos últimos anos. Dono de uma precisão impecável e de um repertório que faz parecer fácil jogar basquete na maior competição da modalidade no mundo, o armador tem muita moral no Golden State Warriors.

Não à toa, dos cerca de 176 milhões disponíveis para gastar, o clube decidiu que 43 milhões de dólares (R$ 222 milhões) serão destinados ao salário anual do tricampeão da NBA.