DotA 2: De conceito em StarCraft para se tornar um jogo próprio muito popular nos e-sports

Título da Valve é um dos grandes sucessos do estilo MOBA (Multiplayer Online Battle Arena)

Além da grande popularidade na Ásia e na Europa, o DotA 2 tem um cenário competitivo robusto em termos financeiros. Sem dúvidas, o game da Valve, desenvolvedora do jogo, tem algumas das maiores premiações dos e-sports. 

O título da Valve também é um dos grandes sucessos de MOBA (Multiplayer Online Battle Arena) e acumula adeptos por todo o mundo. Popularmente conhecido pela sua abreviação, o Defense of the Ancients ainda não tem no Brasil a mesma representatividade que possui em outras regiões como Ásia, Europa e América do Norte. Contudo, DotA 2 se mostra em ascensão junto com todo o cenário de e-sports no País. 

História

Para quem não conhece o game, o nome DotA 2 pode parecer uma espécie de segunda edição do jogo. De certa forma é, porém não da forma convencional. Na verdade, esse “2” tem um significado que ajuda a entender a história de Defense of the Ancients, que não é muito comum. 

O conceito de DotA foi criado a partir de um outro jogo, o StarCraft. Lançado em 1998, o jogo trouxe como recurso inédito o “StarEdit”, que permitia a customização de elementos do game pelos próprios jogadores. Assim, apareceram os primeiros moldes de MOBA. 

O primeiro mapa que trouxe essa dinâmica básica de MOBA, na qual equipes combatem para destruir a estrutura adversária, foi o Aeon of Strife. Nesse modelo, já era possível que o jogador selecionasse o seu herói a fim de obter melhorias durante o combate. 

Com a crescente popularidade desse formato, o Aeon of Strife migrou de jogo e foi adaptado em Warcraft 3, com o primeiro lançamento em 2002. Desta forma, os jogos da Blizzard trouxeram diversas ampliações e suporte para elementos de RPG (Role Playing Game) com habilidades customizáveis, atributos, níveis e itens para unidades e heróis. 

No entanto, paralelamente a isso, um novo mapa ganhou popularidade. Criado pelo modder conhecido como Eul, em pouco tempo, se tornou o cenário original de Defense of the Ancients, que foi incorporado para a expansão de Warcraft 3. 

Apesar do modder não estar constantemente ativo, o código do mapa ficou aberto para quem quisesse implementar ideias novas no mod. Assim, novas versões de DotA começaram a aparecer, sendo a DotA Allstars uma das mais populares. A partir disso, nomes como o do desenvolvedor Guinsoo ajudaram a aprimorar e desenvolver essa versão. 

Os anos passaram e o número de adeptos do jogo cresceu muito. Com uma comunidade considerável, os primeiros times e campeonatos começaram a ser organizados. O cenário teve grande desenvolvimento inicial na China. Depois, além do território asiático, Europa e América do Norte iniciaram suas competições profissionais. 

Apesar do enorme sucesso do mapa, o lançamento oficial de DotA 2 aconteceu em 2013, com desenvolvimento da Valve. Assim, o jogo não era mais apenas um mapa, mas um game. A mudança, porém, conquistou mais e mais adeptos, com um cenário competitivo mais forte e de altas premiações. 

Como os jogos funcionam?

No cenário competitivo, as partidas profissionais de DotA 2 seguem um modo parecido com o de outros jogos concorrentes, como League of Legends. Cada equipe é constituída por cinco jogadores e cada time tem como objetivo invadir a base adversária, localizada no outro lado do mapa, e destruir o Ancestral inimigo. 

No modelo das partidas profissionais, é seguido o modo capitão. Cada jogador tem uma posição específica (carregador, meio, caçador e dois suportes de diferentes funções) e um dos integrantes do time é designado capitão que, na maioria das vezes, define as estratégias e orientações para a equipe. 

Antes da partida, os capitães de cada equipe selecionam os cinco heróis, dentre os mais de 100 disponíveis no jogo, que irão formar sua equipe. Há também a possibilidade de banir determinados heróis para a utilização do time adversário. Essa fase é conhecida como draft. 

Após o draft, os jogadores de cada equipe escolhem os heróis que irão usar dentre as opções escolhidas previamente pelo capitão. Vale destacar que cada herói possui características próprias, com habilidades e fraquezas distintas e que podem se fortalecer com o decorrer da partida. Por isso, é importante saber escolher bem e ter uma boa estratégia para a partida. 

Além de se preocupar com a equipe adversária, os jogadores também têm que se atentar para o controle de visão e outras criaturas do mapa. 

Quais as principais competições de DotA 2?

The International

Definitivamente, a principal competição de DotA 2 é o mundial, conhecido como The International. Organizado pela Valve desde 2011, a competição reúne as principais equipes do mundo em um país sede predeterminado para a disputa anualmente. O número de equipes participantes já variou em algumas edições, hoje, são 18 equipes que participam do torneio.

Abaixo do mundial, existem as competições organizadas por diferentes entidades: os Majors e os Minors. O desempenho das equipes nessas competições conta pontos para o ranking geral que determina quem se classifica diretamente para o The International da temporada. 

Outras vagas também são concedidas por meio de eliminatórias que ocorrem nas seis regiões que fazem parte do circuito profissional: China, Europa, CEI (Comunidade dos Estados Independentes), Sudeste Asiático, América do Norte e América do Sul. 

Times campeões do The International 

AnoTime
2019OG (Europa)
2018OG (Europa)
2017Team Liquid (Europa)
2016Wings (China)
2015Evil Geniuses (Estados Unidos)
2014Newbee (China)
2013Alliance (Suécia)
2012Invictus Gaming (China)
2011Natus Vincere (Ucrânia)

Majors

Além do mundial, os Majors são os eventos de maior importância no cenário competitivo de DotA 2. Os seus participantes são decididos por meio de eliminatórias, sendo que no mínimo duas equipes por região se classificam. Além disso, também existe a participação por meio do Minor anterior. 

Minors

Os torneios de Minors também têm grande importância para o cenário profissional. Eles são disputados pelas equipes que não tiveram um bom desempenho nas eliminatórias e não conseguiram se classificar para o Major. Para os Minors, essas equipes disputam qualificatórias que concedem uma vaga por região. 

Como apostar?

Além de acompanhar e jogar os melhores campeonatos de DotA 2, quem é fã do game também pode transformar o seu palpite em dinheiro através do Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, que traz as melhores odds de e-sports e diferentes modalidades de apostas. 

A modalidade de aposta mais popular é a de qual equipe irá vencer a partida em questão, porém, é possível apostar também em qual time terá a primeira kill, quem vencerá em cada mapa ou até qual será o total de mapas disputados. Se você é fã de DotA 2, divirta-se fazendo as suas apostas com o Betsul. 

Carrinho
SimplesCombinada
Compre Créditos
pertinho de você!
Encontre o ponto de venda mais próximo
FÁCIL COMO USAR DINHEIRO

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!