Conheça as 10 ligas mais valiosas do mundo

Elas são responsáveis por movimentar a maior parte do dinheiro envolvido nos esportes

Essas ligas são exemplo de como fortalecer marca e produto a nível mundial (iStock)

Os esportes profissionais são uma fonte de negócio muito lucrativa ao redor do mundo todo. Com ligas cada vez mais globalizadas, produtos mais sofisticados, atenção aos detalhes levada ao máximo e jogadores que a cada dia se tornam mais midiáticos, esses campeonatos ganham valor agregado e viram muito mais do que somente partidas de certa futebol, basquete ou futebol americano. São eventos complexos, estruturados e que buscam proporcionar ao torcedor e telespectador entretenimento e emoção.

No meio de tantas competições importantes que são assistidas no mundo inteiro, algumas delas se destacam mais por vários motivos. No final de 2019, um levantamento realizado pelo portal Money Inc. separou as 10 ligas mais valiosas do planeta e quanto cada uma delas vale atualmente. Confira!

10. NPB (Nippon Professional Baseball) - R$ 5,72 bilhões

A liga profissional de baseball do Japão pode não ser tão popular no ocidente, mas é uma febre no oriente. Depois dos EUA, não um outro país tem uma liga tão estruturada, amada e qualificada quanto a do país asiático. Contando com 12 times participantes e distribuída em 143 partidas na temporada, a NPB foi avaliada em 1,1 bilhão de dólares (cerca de R$ 5,72 bilhões na cotação atual). O calendário que vai do fim de março até meados de novembro garante entretenimento aos amantes do esporte por boa parte do ano, diferente de outras que acabam mais rápido.

9. Ligue One (Campeonato Francês) - R$ 7,8 bilhões

A 1ª divisão do futebol francês é outra competição que entra na lista de ligas mais valiosas do mundo. São 20 times, mais de 500 atletas participantes, sendo que quase metade deles são estrangeiros. Com a injeção de dinheiro que o PSG recebeu nos últimos anos, muitos novos jogadores badalados foram chegando à liga e aumentando seu valor. Exemplo disso é Neymar, que desde que chegou à Paris simplesmente mudou a rotina do clube e dos jornalistas que acompanham o Paris Saint-Germain diariamente.

8. Serie A (Campeonato Italiano) - R$ 9,9 bilhões

A cada ano que passa a Serie A, divisão de elite do futebol italiano, ganha mais valor agregado. Depois de alguns anos passando por problemas financeiros, os grandes clubes voltaram a fazer negócios midiáticos, times menores se estruturaram e hoje conseguem bater de frente com os mais tradicionais e grandes estrelas trocaram ligas mais prestigiadas para ajudar o futebol na Itália voltar ao que já foi. Hoje, nomes como Cristiano Ronaldo ajudam a colocar os holofotes na Terra da Bota.

7. La Liga (Campeonato Espanhol) - R$ 11,4 bilhões

Apesar de ser uma liga que ainda conta com bastante disparidade econômica entre Real Madrid e Barcelona para o restante das equipes, a La Liga, 1ª divisão do Campeonato Espanhol, tenta equilibrar o orçamento dos clubes envolvidos, garantindo maior competitividade, e, consequentemente, maior apelo do público para assistir as partidas e consumir o produto. Por falar nos dois gigantes do país, eles são muito responsáveis por toda a publicidade que faz com que a competição valha o que vale atualmente (valor que aumenta ano após ano).

6. Bundesliga (Campeonato Alemão) - R$ 14,5 bilhões

A economia da Alemanha é uma das mais sólidas do mundo e isso reflete na sua principal liga de futebol, a Bundesliga, que emplacou 14 anos seguidos de crescimento. Com grandes estrelas, campeonato organizado, estrutura de primeira e bastante competitividade (ainda que esteja difícil destronar o Bayern de Munique), a elite do esporte no país é um dos grandes negócios que move o país e que tem na torcida um dos seus principais atrativos. Afinal, dificilmente se encontra em outros países tantos times com altas médias de público na temporada como no país germânico.

5. NHL (National Hockey League) - R$ 19,2 bilhões

Dos esportes norte-americanos, o hóquei no gelo sempre foi o mais desvalorizado. Ele ainda é, atualmente, mas a NHL deve ser parabenizada pela valorização absurda que vem conseguindo nos últimos anos. A cada nova temporada, a liga vem quebrando recordes financeiros, trazendo mais visibilidade para o campeonato e atraindo mais fãs ao redor do mundo -- aqui no Brasil ela já é uma realizada na grade de programação de canais de esporte. O crescimento é tanto que em um período inferior a 20 anos a NHL saltou de 25 milhões de dólares para absurdos 3,7 bilhões de dólares.

4. NBA (National Basketball League) - R$ 25 bilhões

A NBA é o grande exemplo de como a globalização faz bem para os negócios. Além de incentivar o desenvolvimento de jogadores fora dos grandes centros para familiarizar novos fãs, a liga passou a promover jogos oficiais em outros países e só se popularizou ainda mais. Junta-se a isso a competência exemplar que os organizadores e times têm para transformar toda partida em um evento grandioso e o show que as estrelas dão em quadra e temos um dos campeonatos mais caros do mundo.

3. Premier League (Campeonato Inglês) - R$ 27,8 bilhões

A Premier League é a liga de futebol mais cara da história da humanidade. Com organização exemplar, dinheiro de sobra para que mesmo times medianos contratem grandes nomes da modalidade e investimento massivo para fortalecer a marca em outros canais, como nos videogames, por exemplo, o Campeonato Inglês é um exemplo de como gerir e cuidar bem do seu produto pode torná-lo sólido e popular no mundo inteiro. O sucesso é tanto que outras organizações pela Europa já começaram a adotar o modelo inglês para tentar alcançar os mesmos resultados.

2. MLB (Major League Baseball) - R$ 53,5 bilhões

Pelo 16º ano consecutivo, a MLB, principal liga de baseball dos Estados Unidos, bateu recorde de arrecadação de dinheiro. Uma das maiores paixões dos norte-americanos, que não se preocupam em gastar dinheiro quando o assunto são os esportes, é praticamente uma religião para boa parte da população que acompanha de perto a ridícula maratona de jogos das equipes que brigam pelo World Series.

1. NFL (National Football League) - R$ 67,6 bilhões

A religião dos esportes nos Estados Unidos se chama NFL, a liga de futebol americano do país. Ela é a que oferece menos jogos entre todas as outras competições da lista, mas é, sem dúvidas alguma, a de maior impacto mundial. Chega a ser tão incrível que uma liga de um esporte que é local (praticamente só os EUA têm liga profissional) consegue números próximos e melhores do que a Copa do Mundo, o principal evento do esporte de massa mais popular do planeta.

Carrinho
SimplesCombinada
Compre Créditos
pertinho de você!
Encontre o ponto de venda mais próximo
FÁCIL COMO USAR DINHEIRO

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!