NFL: No que ficar de olho na temporada 2020/21

Principal liga de futebol americano dá início a sua nova temporada na próxima quinta-feira (10)

Principal liga de futebol americano dá início a sua nova temporada na próxima quinta-feira (10). (iStock)

Após uma longa espera, como de costume, a nova temporada da NFL está para começar. Além da tradicional longa espera nos meses de inter temporada, a pandemia da Covid-19 gerou ainda mais expectativa para o início da temporada 2020/21 de futebol americano. No universitário a temporada foi cancelada, então, dúvidas foram levantadas quanto a realização da liga profissional. 

Tradicionalmente, as equipes faziam quatro jogos de pré-temporada, porém devido à pandemia, a liga decidiu não realizá-los e ir direto para a temporada regular. Assim, a nova temporada da NFL vai acontecer a partir da próxima quinta-feira (10), com o jogo de estreia entre os atuais campeões, Kansas City Chiefs, e o Houston Texans, a partir das 21h20 (Brasília). As expectativas são altas e muita coisa mudou desde a última temporada, por isso confira no que vale ficar de olho na temporada 2020/21 da NFL:

De olho no bicampeonato

O torcedor do atual campeão da NFL, Kansas City Chiefs, tem todo o direito de ficar empolgado com a nova temporada da NFL e acreditar no bicampeonato. Tanto no ataque, extremamente explosivo, quanto na defesa, as principais peças foram mantidas e ainda receberam uma grande motivação financeira para os próximos anos. 

O astro Patrick Mahomes, quarterback e MVP do último Super Bowl, assinou uma renovação contratual que o tornou o atleta mais bem pago da história do esporte, 10 anos e cerca de 500 milhões de dólares. Na defesa, o defensive tackle Chris Jones teve seu contrato renovado por mais quatro temporadas. 

Tudo indica que, sem problemas de lesões, os Chiefs chegam com grandes chances de chegar a mais um Super Bowl. 

Tom Brady nos Buccaneers

Após 20 anos de uma dinastia, Tom Brady se separou do New England Patriots. Nas duas décadas, o quarterback e a franquia de Boston se tornaram a grande potência da NFL sob o comando de Bill Belichick. A franquia conquistou todos os seus seis títulos de Super Bowl nesse período. Apesar dos 43 anos de idade, Tom Brady chega com as energias renovadas e com grandes expectativas para a nova temporada com seu novo time, o Tampa Bay Buccaneers.

A equipe da Flórida não apenas trouxe o vitorioso quarterback como fez questão de reforçar o elenco para garantir as melhores chances em uma caminhada para o Super Bowl. O ataque, que já tinha excelentes recebedores como Mike Evans, Chris Godwin e O.J. Howard, conta com a chegada do runningback Leonard Fournette e de Rob Gronkowski que volta da aposentadoria para reviver a dupla que fez história em New England com Brady. Certamente, um dos pontos que o técnico Bruce Arians deverá ficar de olho é na linha ofensiva, para proteger bem o seu novo quarterback e poder extrair o máximo dele com esse ataque.

Quem está sob pressão?

Assim como muitos jogadores chegam com altas expectativas para a temporada, mas com a torcida empolgada, existem aqueles que entram na nova temporada precisando mostrar serviço ou uma melhora em relação às temporadas passadas. Alguns exemplos disso são: Baker Mayfield, Kirk Cousins, Cam Newton e Dak Prescott. 

Primeira escolha geral do Draft de 2018, Baker chegou para ser o quarterback para liderar a remontada do Cleveland Browns na NFL, apesar das diversas polêmicas que se envolveu durante a sua carreira universitária. No entanto, duas temporadas se passaram e Baker ainda não conseguiu terminar a temporada com mais vitórias do que derrotas. Ao todo, o jogador tem um recorde de 12 vitórias e 17 derrotas na liga, com 49 touchdowns lançados e 35 interceptações. 

Um dos maiores contratos da liga, Kirk Cousins segue com o estigma de “pipoca”. O quarterback dos Vikings chega para mais uma temporada para quebrar essa visão que muitos fãs de futebol americano têm e liderar a franquia de Minnesota longe na pós-temporada. 

Talvez, pressão não seja a palavra adequada dadas as situações dos outros três jogadores dessa lista, mas Cam Newton, MVP de 2015, chega para substituir nada mais nada menos do que Tom Brady no New England Patriots. Sem jogar bem há algumas temporadas e bastante criticado, o ex-Carolina Panthers, chega para tentar dar continuação a uma dinastia, tarefa extremamente complicada, mas que será muito interessante de se acompanhar. 

Quarterback titular da franquia mais valiosa da NFL, Dak Prescott joga para mostrar que vale uma renovação contratual que o coloque entre os mais bem pagos da liga. Já são duas temporadas que os Cowboys não acertam os termos de uma renovação com o jogador e, por isso, colocaram a franchise tag nele para a temporada 2020/21. Assim, Prescott terá que provar de vez que merece ser o cara da franquia. 

Agora vai?

Algumas equipes como Cardinals, Raiders, Dolphins e Bengals chegam com a esperança de ao menos fazer uma campanha melhor do que a anterior. Apesar de estarem em divisões bastante complicadas, Arizona Cardinals e, agora, Las Vegas Raiders lutam têm boas expectativas. Os Cardinals contam com o amadurecimento do jovem quarterback Kyler Murray e da chegada de um dos melhores recebedores da liga DeAndre Hopkins. Já os Raiders esperam corresponder às expectativas agora que estão de casa nova. 

Miami e Cincinnati selecionaram quarterbacks no Draft de 2020 assim Tua Tagovailoa e Joe Burrow trazem novas esperanças para o futuro de suas franquias. 

Última chance?

A NFL está em um período claro de mudança de gerações de estrelas. Alguns dos principais nomes da liga das últimas duas décadas estão perdendo a evidência, enquanto nomes como Patrick Mahomes, Lamar Jackson e Deshaun Watson assumem os rostos da liga. Assim, Tom Brady, Drew Brees, Ben Roethlisberger, Philip Rivers e, até mesmo, Aaron Rodgers lutam para mostrar que ainda merecem respeito pela história que fizeram, mas pelo atual desempenho em campo. 

Como dissemos, Tom Brady agora joga com os Bucs e, assim, terá como adversário Drew Brees, ao menos, duas vezes na temporada, por estarem na mesma divisão. Brees luta para levar os Saints novamente ao Super Bowl, depois de chegar muito perto nas últimas temporadas. 

Big Ben já faz tempo que não faz uma grande temporada com o Pittsburgh Steelers e Philip Rivers tem uma nova chance na carreira com o Indianapolis Colts, após sair dos Chargers. Já Aaron Rodgers, por sua vez, viu o Green Bay Packers selecionar um quarterback na primeira rodada do último Draft, ao invés de draftar alguma peça que poderia ser útil no ataque. 

Mais emoção nos Playoffs

A fase de mata-mata da NFL tem uma mudança para a temporada 2020/21. Para a alegria dos fãs de futebol americano, os Playoffs da NFL terão agora 14 times, sete de cada Conferência. Dessa forma, os Playoffs terão dois jogos a mais do que nas últimas temporadas. O novo formato da pós-temporada coloca 12 times jogando logo na primeira rodada e apenas uma equipe em cada Conferência - a melhor classificada - com folga. 

Assim, a temporada 2020/21 não tem jogos de pré-temporada, mas tem mais jogos e mais equipes nos Playoffs.

 

A temporada vai começar! Aproveite já para transformar o seu palpite em dinheiro com o Betsul! 

Carrinho
SimplesCombinada
Compre Créditos
pertinho de você!
Encontre o ponto de venda mais próximo
FÁCIL COMO USAR DINHEIRO

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!