Eliminações vergonhosas do Barcelona na Champions League

Time espanhol coleciona eliminações vexatórias nas últimas edições de Liga dos Campeões

Time espanhol coleciona eliminações vexatórias nas últimas edições de Liga dos Campeões. (iStock)

Campeão apenas uma vez da UEFA Champions League até o início do século XXI, o Barcelona se tornou não apenas uma time que reunia grandes craques do mundo todo, mas com excelentes resultados em campo e muitas conquistas. Liderado por Ronaldinho em 2006, a equipe blaugrana venceu a sua segunda edição de Liga dos Campeões. Anos depois, Messi assumiu a camisa 10 e o Barça se tornou um dos favoritos em todas as edições, praticamente, conquistando mais três delas. 

Com Messi, o Barcelona sempre trouxe altas expectativas de conquistas e um bom desempenho em campo. No entanto, nem tudo foi um mar de rosas para o time da Catalunha. Na verdade, a equipe blaugrana também deu alguns vexames na UEFA Champions League. Confira abaixo as eliminações vergonhosas do Barcelona nas últimas edições de Liga dos Campeões:

Barcelona x Bayern de Munique - 2019/20

Em um formato de disputa atípico, devido à pandemia de Covid-19 que assolava o mundo, os confrontos a partir das quartas de final da UEFA Champions League 2019/20 foram disputados em jogo único, em Lisboa. Assim, uma partida dava a vaga para as semifinais daquela edição. 

Apesar de continuarem com o status de gigantes do futebol europeu, Barcelona e Bayern chegavam para o duelo passando por fases distintas. O time alemão estava com 100% de aproveitamento nas partidas que fez desde o retorno do futebol, conquistando a Bundesliga e a Copa da Alemanha com tranquilidade. Já o Barcelona fazia uma temporada turbulenta, problemas extracampo, mudança de técnico, mal desempenho em campo e Messi insatisfeito como nunca antes. Assim, o time espanhol ainda perdeu a liderança e o título da La Liga para o arquirrival Real Madrid, que também não desempenhava um grande futebol. 

Para alguns, a tragédia estava anunciada. Logo aos quatro minutos, Thomas Müller abriu o placar para o time alemão. Poucos minutos depois, Alaba marcou contra e deixou tudo igual. A partir daí, a partida deslanchou. Perisic, Gnabry e novamente Müller marcaram ainda no 1º tempo. “Vira 4 a 1, acaba 8 a 2”. O que era brincadeira para alguns se tornou realidade. Suárez fez 4 a 2, mas as mínimas esperanças de uma “Remontada” se foram com gols de Kimmich, Lewandowski e dois de Philippe Coutinho, que estava no Bayern por empréstimo do Barcelona. Naquela edição, o Bayern de Munique já tinha feito outras grandes goleadas, como 7 a 1 no placar agregado contra o Chelsea nas oitavas, 7 a 2 no Tottenham e 6 a 0 no Estrela Vermelha, ambos fora de casa na fase de grupos. 

Liverpool x Barcelona - 2018/19

Vendo o arquirrival Real Madrid levar três títulos consecutivos de UEFA Champions League, o Barcelona de Messi seguia mais motivado do que nunca para levantar novamente o principal troféu da Europa. Assim, a equipe chegava às semifinais da edição 2018/19 focada a acabar com a hegemonia merengue e o adversário da vez era o Liverpool, então vice-campeão europeu, que havia perdido o título justamente para o Real Madrid na temporada anterior. 

A primeira partida foi no Camp Nou e estava bastante disputada. A Lei do Ex falou mais alto no 1º tempo e Luis Suárez fez o primeiro gol da partida. Na segunda etapa, Lionel Messi ligou um outro nível de futebol e fez o que quis. Marcou o segundo e o terceiro gol do Barcelona na partida, sendo o último uma pintura em uma cobrança de falta, sem qualquer chance para o goleiro brasileiro Alisson. Nos minutos finais, o francês Dembélé teve uma chance clara de fazer 4 a 0 para o Barcelona, porém desperdiçou a oportunidade inacreditavelmente. A reação imediata de Messi foi de raiva com a chance desperdiçada do companheiro, talvez, um prenúncio do que estaria para acontecer no jogo da volta. 

A vantagem era enorme e o Liverpool ainda estava desfalcado de duas peças importantes no ataque: Firmino e Salah. Em Anfield, o placar do 1º tempo foi igual da partida de ida, 1 a 0 para os donos da casa, dessa vez, gol marcado por Origi. Ainda assim, a vantagem espanhola era grande para ser superada. Porém, no 2º tempo não se viu o Barcelona em campo. Wijnaldum marcou duas vezes e Origi marcou o quarto do Liverpool, após uma cobrança de escanteio rápida de Alexander-Arnold que pegou toda a defesa do Barça desprevenida. Assim, nova eliminação vergonhosa do Barcelona e mais uma virada histórica de Champions League para o Liverpool. 

Roma x Barcelona - 2017/18

Pelas quartas de final da Liga dos Campeões 2017/18, o Barcelona parecia ter uma vida fácil pela frente. Longe de dias gloriosos, a Roma não parecia ser grande ameaça no caminho do time espanhol, e a partida de ida corroborou com essa ilusão. 

No Camp Nou, o Barcelona não precisou nem marcar para sair na frente no placar por 2 a 0. Os dois primeiros gols da partida foram contra, de autoria de De Rossi e Manolas. Piqué e Suárez fizeram mais dois para o time espanhol e Dzeko descontou para o time italiano. Assim, com o favoritismo anterior e a vitória de 4 a 1, até mesmo os torcedores mais otimistas da Roma não tinham grandes esperanças para uma classificação. 

No entanto, a partida de volta trouxe uma virada histórica. No Estádio Olímpico, a Roma dominou as ações da partida e o Barcelona quase não foi visto em campo. O time italiano saiu na frente logo no início da partida com Dzeko. De Rossi marcou no início do 2º tempo e Manolas, assim como De Rossi, se redimiu do gol contra marcado na partida de ida. Classificação heroica da Roma com a vitória de 3 a 0, e mais um vexame blaugrana. 

Barcelona x Juventus - 2016/17

Na busca de conquistar o segundo título de Liga dos Campeões, o trio MSN formado por Messi, Suárez e Neymar chegou forte para as quartas de final da competição. Apesar da alta expectativa, o adversário da vez era a Juventus, hegemônica da Itália e que merecia o devido respeito. 

Na partida de ida, o Barcelona não conseguiu se impor ofensivamente e sofreu um duro baque. No Juventus Stadium, quem brilhou foi outro canhoto argentino, Paulo Dybala. O atacante da Velha Senhora marcou duas vezes na primeira etapa e Chiellini sacramentou a vitória de 3 a 0 para a Juve. 

No entanto, o placar não assustava tanto o Barcelona. O time vinha da histórica virada contra o PSG, “La Remontada”, nas oitavas de final. Porém, a equipe não conseguiu repetir o mesmo sucesso. Diferentemente do time francês, a Juventus foi impecável defensivamente no Camp Nou e segurou o empate sem gols durante toda a partida. 

Barcelona x Bayern de Munique - 2012/13

Depois de uma fase revolucionária, dominante e cheia de conquistas sob o comando de Pep Guardiola, o Barcelona fazia a sua primeira temporada desde a saída do treinador espanhol. O comando técnico estava com Tito Vilanova e a dúvida era se o Barça conseguiria manter o padrão de jogo e domínio sem Guardiola. 

A equipe chegou até as semifinais da Liga dos Campeões, eliminando Milan e PSG nas fases anteriores. O adversário da vez era um Bayern de Munique que vinha ainda mais motivado para conquistar a competição europeia, afinal, tinha perdido a edição anterior de forma dramática para o Chelsea, em plena Allianz Arena. 

O que vimos foram duas partidas de completa dominância do Bayern de Munique. O time alemão não tomou qualquer conhecimento do Barcelona e se impôs tanto na partida de ida, na Alemanha, como na partida de volta, na Espanha. A primeira partida terminou 4 a 0, e a segunda terminou com uma vitória por 3 a 0. Assim, o placar agregado foi de 7 a 0 para o Bayern de Munique, que seria campeão daquela edição.

Carrinho
SimplesCombinada
Compre Créditos
pertinho de você!
Encontre o ponto de venda mais próximo
FÁCIL COMO USAR DINHEIRO

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!