Entenda porque Messi não é uma ameaça para o Brasil na semifinal da Copa América

Astro argentino não tem tido sorte na carreira em seus confrontos contra a Seleção Canarinho

Lionel Messi é o principal jogador da Seleção Argentina na Copa América 2019 (Crédito: Divulgação/LeoMessi)

Principal nome da Argentina para enfrentar a Seleção Brasileira nesta terça-feira (2), às 21h30 (de Brasília), no Mineirão, pela semifinal da Copa América 2019, Lionel Messi entra em campo pressionado para levar os hermanos à final e eliminar o maior rival de todos os tempos da sua seleção. O astro, porém, precisará buscar inspiração nos jogos mágicos pelo Barcelona (ESP) para abafar seus péssimos números nos confrontos contra o Brasil.

Defendendo a seleção argentina profissionalmente há 13 anos, o atacante dono de cinco prêmios de melhor do mundo tem um histórico de decepções frente à Seleção Canarinho. Em nove jogos contra o Brasil entre 2006 e 2019, o atleta nunca venceu um duelo oficial: foram apenas três triunfos em amistosos, um empate e cinco derrotas para os brasileiros.  

A estreia de Messi no Superclássico das Américas aconteceu em 2006, quando o atleta sofreu uma dolorosa derrota por 3 a 0. No ano seguinte, outro revés: o melhor do mundo perdeu novamente por 3 a 0 para a equipe brasileira na final da Copa América. O primeiro gol do astro argentino contra o Brasil só ocorreu na vitória por 1 a 0 em jogo amistoso de 2010. Foi só em 2012 que o camisa 10 fez o seu melhor jogo contra o Brasil ao anotar um hat-trick na vitória por 4 a 3 sobre os brasileiros. Ufa!

Messi, é claro, não joga sozinho, mas seus dados individuais são importantes para definir em quem apostar neste clássico da Copa América 2019. A Argentina tem apresentado um futebol aquém do esperado no torneio sul-americano (no total, soma duas vitórias e dois empates) e o camisa 10 tem apenas um gol marcado no campeonato -- e de pênalti! Visto como grande azarão, os hermanos podem quadruplicar seu investimento no Betsul (a odd está estimada em 4.68), o maior site de apostas esportivas da América do Sul. 

Com desempenho de duas vitórias, dois empates, oito gols marcados e nenhum sofrido no torneio, o Brasil é apontado como franco favorito para sair com a vaga na finalíssima.  A odd para quem apostar na vitória do Brasil está estimada em 1.82.

E aí, será mesmo que Messi não mete medo em ninguém e o Brasil sairá com a vitória? Para você não deixar de apostar, o Betsul preparou uma ação especial para o Superclássico das Américas: o apostador que depositar, no mínimo, R$ 50 no site, terá o valor de créditos dobrado e, de quebra, levará R$ 20 para palpitar no placar exato da primeira semifinal da Copa América 2019. É mole, hein!? Escolha o seu placar e aposte com o Betsul.

VEJA OS CONFRONTOS DAS SEMIFINAIS DA COPA AMÉRICA:

Terça-feira (02/07)

21h30 - Brasil x Argentina - Aposte já!

Quarta-feira (03/07)

21h30 - Chile x Peru - Aposte já!