Copa do Brasil: guia para ficar por dentro da maior copa do país

Envolvendo 91 equipes de todo o território nacional, competição começa nesta quarta-feira (5)

Copa do Brasil
Copa do Brasil leva o campeão à Libertadores da América (iStock)

Prepare-se!

Vem aí a Copa do Brasil 2020. A competição profissional que mais tem times envolvidos no país dá o pontapé inicial nesta quarta-feira (5), com 80 times entrando em campo já na primeira fase do campeonato que garante o campeão na próxima edição da Conmebol Libertadores da América. Será a 32ª edição do torneio organizado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e que envolve todas as 27 federações estaduais do território nacional.

Com formatos diferentes ao longo das fases, a Copa do Brasil é o campeonato mais democrático do país e aquele que faz a alegria dos torcedores que sentem falta dos tempos em que o Brasileirão tinha o mata-mata. Afinal, do primeiro ao último jogo, a competição funciona no sistema eliminatório, onde cada jogo tem que ser encarado como uma decisão para seguir adiante na briga pelo título.

Para saber tudo o que você precisa antes de começar a dar os seus palpites na Copa do Brasil, confira o guia completo que o Betsul preparou sobre a competição e fique por dentro do maior torneio profissional do país!

Quantos times disputam o título da Copa do Brasil?

Ao todo, 91 clubes participam da Copa do Brasil em 2020. Enquanto 80 deles iniciam desde a primeira fase, outros 11 classificados só começam sua caminhada rumo ao título do campeonato nas oitavas de final. Para decidir quem são os times participantes e em que fase cada um deles entra, a CBF utiliza uma série de critérios.

O primeiro deles, divide os clubes em dois grupos, como dissemos acima. Ele é composto pelos oito participantes da Conmebol Libertadores da América deste ano (Athletico-PR, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, São Paulo e Santos) e os campeões do Campeonato Brasileiro Série B (RB Bragantino), Copa do Nordeste (Fortaleza) e Copa Verde (Cuiabá).

Para as outras 80 vagas restantes, a CBF define dois critérios para escolher as equipes. 70 delas saem dos campeonatos estaduais, excluindo, é claro, os times que já atenderam ao critério de seleção do primeiro grupo. As 10 vagas que faltam são preenchidas pelos melhores classificados no RNC (Ranking Nacional de Clubes) de 2020 que ainda não tenham garantido a vaga após a aplicação dos primeiros filtros.

Como são distribuídas as vagas dos estaduais?

Cada federação tem um número específico de vagas para distribuir para a Copa do Brasil 2020. O que define o quanto cada uma delas tem é o RNF (Ranking Nacional de Federação). Veja a seguir:

1º e 2º colocados - 5 vagas

3º a 5º colocados - 4 vagas

6º a 14º colocados - 3 vagas

15º a 22º colocados - 2 vagas

23º a 27º colocados - 1 vaga

Para definir a pontuação de cada federação estadual, a CBF soma os pontos de todos os seus times filiados. Atualizado em 9 de dezembro de 2019, o RNF de 2020 está definido da seguinte forma:

1º - São Paulo

2º - Rio de Janeiro

3º - Minas Gerais

4º - Rio Grande do Sul

5º - Paraná

6º - Santa Catarina

7º - Bahia

8º - Goiás

9º - Pernambuco

10º - Ceará

11º - Alagoas

12º - Pará

13º - Mato Grosso

14º - Maranhão

15º - Rio Grande do Norte

16º - Paraíba

17º - Sergipe

18º - Acre

19º - Piauí

20º - Amazonas

21º - Distrito Federal

22º - Mato Grosso do Sul

23º - Espírito Santos

24º - Tocantins

25º - Rondônia

26º - Amapá

27º - Roraima

Como cada federação escolhe os seus representantes?

Uma das vagas de cada federação estadual é definida pela CBF, que exige que quem seja elegido para a Copa do Brasil seja o campeão do campeonato do estado. Caso ele já tenha sido eleito através de outro critério, a vaga vai para o vice-campeão, e assim por diante (3º colocado, 4º, colocado, 5º colocado). Para as federações que possuem três, quatro ou cinco vagas, duas devem ser destinadas aos melhores colocados do estadual.

Sendo assim, as federações que possuem de duas a cinco vagas ainda têm ao menos uma para distribuir de maneira específica, atendendo à critérios da CBF. A entidade exige que o classificado saia de um torneio seletivo ou equivalente, que seja disputado por ao menos quatro equipes.

Com cinco vagas, São Paulo serve como exemplo para ilustrar. As vagas do estadual ficaram com Ponte Preta, Grêmio Novorizontino e Ferroviária, que ficaram na 6ª, 7ª e 8ª colocações, respectivamente, do Paulistão de 2019. Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos já haviam conquistado suas vagas por estarem na Libertadores. O Red Bull Brasil ficou com a 5ª melhor campanha, mas como o RB Bragantino entrou na Copa do Brasil como campeão da Série B, o RB Brasil não pôde mais participar (ambos são controlados pelo mesmo grupo econômico).

E as outras duas vagas? Elas ficaram com Santo André (campeão do Campeonato Paulista A2) e XV de Piracicaba (vice-campeão da Copa Paulista). As duas competições são usadas como o torneio seletivo escolhido pela FPF (Federação Paulista de Futebol) -- o XV ficou com a vaga porque o campeão São Caetano desistiu da Copa do Brasil para jogar a Série D do Brasileirão.

E os times do ranking de clubes?

Finalizada a lista de 81 classificados, os 10 clubes restantes para completar os concorrentes ao título da Copa do Brasil saem do RNC da CBF. Nesta edição, ele é composto por: Botafogo, Vitória, Paraná, Figueirense, Paysandu, Juventude, Santa Cruz, Criciúma, Oeste e Brasil de Pelotas. Todos eles não estão se elegeram através de nenhum dos critérios anteriores e são os melhores classificados no ranking que ainda estavam sem vaga.

Formato de disputa

1ª fase

Na primeira fase, os 80 times são divididos em dois potes, Bloco 1 e Bloco 2. No primeiro, são selecionados os 40 melhores times do RNC dentre os 80; no Bloco 2, ficam as outras 40 equipes. Feito o chaveamento, o classificado sai de um jogo único. Enquanto o clube do Bloco 2 tem o direito de jogar em casa, o clube do Bloco 1 tem a vantagem de se classificar mesmo com um empate. Quem vencer, passa.

2ª fase

Os possíveis confrontos da 2ª fase já são pré-determinados no chaveamento realizado para a fase anterior. O duelo ainda é definido em jogo único, com o mando de campo já decidido pela CBF. Por exemplo, o vencedor do Jogo X jogará em casa contra o ganhador do Jogo Y, independentemente de quem sejam os classificados. Em caso de empate, a definição acontecerá através dos pênaltis.

3ª fase

A etapa segue bem semelhante à da 2ª fase. Porém, aqui o confronto é definido em jogos de ida e volta. Quem joga a segunda partida em casa também já é determinado previamente pela CBF, antes mesmo de saber quem irá se enfrentar. A entidade usa os critérios de desempate padrão (número de pontos e saldo de gols). Não há o gol qualificado e caso haja empate nos critérios de desempate o classificado sai da disputa de penalidades máximas.

4ª fase, 8ªs de final e 4ªs de final

Sorteios são realizados e todos podem se enfrentar, sendo que os mandos de campo são definidos através de sorteio também.

Semifinal e final

O cruzamento das semifinais sai com o sorteio das quartas de final, que já define quem enfrenta quem por uma vaga na decisão. Somente o mando de campo é sorteado, para saber quem poderá definir a classificação em casa. Para a decisão, o mando também é definido na sorte.

Quem é o atual campeão da Copa do Brasil?

Em 2019, quem levantou a taça da Copa do Brasil foi o Athletico-PR. Comandado por Tiago Nunes, hoje no Corinthians, o Furacão bateu o Internacional na decisão, em pleno Beira-Rio e ficou com o título. No jogo de ida, na Arena da Baixada, os paranaenses largaram na frente na decisão com o 1 a 0 graças a Bruno Guimarães, recém contratado pelo Lyon, da França.

Na partida decisiva, Léo Cittadini marcou e deixou o Athletico-PR ainda mais perto de ser campeão. Nico López, que já deixou o Colorado para atuar no futebol mexicano, empatou logo na sequência. No tudo ou nada, o Inter deu espaço para o Furacão e Rony fez o gol do título depois de uma jogada muito bonita de Marcelo Cirino, já nos últimos lances da final. Foi o primeiro título do time do Paraná na competição.

É bom de palpite? Então aposte com a gente!

Se tem uma competição que oferece muitas opções de jogos para apostar é a Copa do Brasil. No Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, além dela, você encontra muitas outras modalidades, campeonatos e partidas para dar os seus palpites e faturar mostrando que entende tudo! Basta fazer o seu cadastro, garantir bônus de até R$ 120,00 do primeiro depósito e começar a palpitar.

Carrinho
SimplesCombinada
logo pinpayCompre Créditos
pertinho de você!
Encontre o ponto de venda mais próximo
FÁCIL COMO USAR DINHEIRO

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!

R$000.000,00