Há quase nove anos, City não vence United em jogos de copa

Time de Guardiola tenta acabar com retrospecto ruim nesta terça-feira (7)

Manchester City United
Copa da Liga Inglesa pode salvar ano de City ou United (iStock)

Nenhum tabu é confortável quando se fala de times gigantes como Manchester United e Manchester City, mas a situação fica ainda pior quando ele envolve a rivalidade das duas maiores equipes da cidade do Noroeste da Inglaterra. E uma delas entra em campo junto dos rivais nesta terça-feira (7), quando eles se enfrentam pela primeira partida da semifinal da Copa da Liga Inglesa, no Old Trafford.

Isso porque, apesar de as equipes manterem retrospecto equilibrado no clássico nos últimos anos, faz muito, mas muito tempo mesmo que o City não sabe o que é vencer o seu maior rival em um jogo válido por qualquer copa. Para ser mais preciso, desde a semifinal da Copa da Inglaterra da temporada 2010/2011 o resultado final não se repete a favor do time de Pep Guardiola. De lá para cá, foram mais três encontros e em todos eles quem saiu feliz de campo foi o United.

A última vitória

Na temporada 2010/2011, o Manchester City começava a se tornar o time multicampeão que se tornou recentemente -- ainda que a tão cobiçada Liga dos Campeões não tenha sido alcançada. Ainda longe da potência que é hoje, os Citizens já davam trabalho e mostraram isso na semifinal da Copa da Inglaterra, quando encararam o United no clássico de Manchester.

Naquela tarde de sábado, no Wembley Stadium, o City levou a campo: Joe Hart; Zabaleta, Kompany, Lescott e Kolarov; de Jong, Barry, Yaya Touré, David Silva e Adam Johnson; e Balotelli. 

Enquanto isso, Alex Ferguson escalou o Manchester United com van der Sar; O’Shea, Ferdinand, Vidic e Evra; Carrick, Scholes e Park Ji-Sung; Valencia, Nani e Berbatov.

As primeiras oportunidades saíram para o United, que viu Berbatov perder dois gols em sequência. Na primeira, na cara do gol, bateu em cima de Hart. Segundos depois, Nani se livrou da marcação e cruzou rasteiro para o atacante chegar de carrinho, mas mandar por cima do gol.

Barry respondeu rapidamente com um chute para fora, antes de Balotelli levar muito perigo com uma bomba de longe que van der Sar espalmou para escanteio. Na cobrança, Lescott apareceu livre para bater de primeira, mas errar o alvo. Era o City que começava a controlar o clássico.

Mas foi só no segundo tempo que a bola balançou as redes. Aos 7 minutos, o City foi fatal ao aproveitar falhas bizarras do United. Primeiro, Ferdinand recuou para van der Sar que errou completamente o chutão. Ainda assim, David Silva não conseguiu dominar e a bola sobrou para Carrick, que entregou de presente para Yaya Touré na entrada da área. O marfinense driblou Vidic e bateu de chapa na saída do goleiro.

Depois disso... 

Não demorou muito para City e United se encontrarem novamente, desta vez pela Supercopa da Inglaterra, que apesar de ser um jogo único, é disputado no formato das copas, com disputa de pênaltis para definir o vencedor em caso de empate. Na taça que inaugura a temporada no país, em 2011/2012, melhor para os Red Devils em um grande clássico.

E tudo parecia se encaminhar bem para o Manchester City, que foi para os vestiários após a primeira etapa com 2 a 0 de vantagem, depois que Lescott abriu o placar em bola alçada por David Silva e Dzeko ampliou em belo chute de fora da área, já nos acréscimos.

No entanto, não demorou muito para o United começar a diminuir o prejuízo. Logo no início do segundo tempo, Smalling se esticou para aproveitar cobrança de falta de Ashley Young e balançar as redes. O empate veio logo em seguida com um golaço! Nani tocou para Rooney, na entrada da área. O camisa 10 tocou de letra para Cleverley que devolveu de primeira para o português tocar de cobertura na saída de Hart.

A virada histórica veio depois de um vacilo gigante da defesa do City. Aos 48 minutos do segundo tempo, após cobrança de falta dentro da área do United, Rooney afastou. A situação parecia controlada, mas Clichy e Kompany não se entenderam, Nani aproveitou para roubar a bola e partir sozinho da intermediária até a meta de Hart, quando driblou o goleiro e tocou para o fundo do gol.

O mesmo placar se repetiu na edição de 2011/2012 da Copa da Inglaterra. Desta vez, no entanto, o Manchester City foi quem teve que correr atrás e não conseguiu a vitória. Só no primeiro tempo, 3 a 0 para o United, com Rooney marcando duas vezes e Welbeck deixando a sua marca. No intervalo, Kolarov e Aguero até diminuíram bem em menos de 20 minutos, mas os Citizens não tiveram força para igualar e virar a partida.

Por fim, o último encontro dos rivais em copas foi bem menos movimentado. Na temporada 2016/2017, pela 4ª rodada da Copa da Liga Inglesa, o City entrou com um time bastante modificado para encarar o United que foi a campo com força máxima. A estratégia do lado vermelho deu certo e Juan Mata fez o gol que classificou os Red Devils à próxima fase da competição.

Aposte com o Betsul

Esse é apenas o primeiro jogo da semifinal da semifinal da Copa da Liga Inglesa, mas já pode ser decisivo para as temporadas de City e United. Portanto, ele vale muito e você pode faturar com seus palpites para o clássico. Cadastre-se no Betsul, aproveite o bônus de até R$ 120,00 do primeiro depósito e faça as suas apostas no melhor site de apostas esportivas da América do Sul.

Carrinho
SimplesCombinada

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!

R$00.000,00

O que é Jogo do Bem?

O Jogo do Bem é uma iniciativa pioneira do Betsul. Com ele, suas apostas esportivas também contribuem para uma sociedade melhor. A cada aposta realizada, parte do valor é destinado a uma causa ou uma instituição social. E tudo isso sem custos adicionais ao jogador.