Manchester City visita Wolverhampton para se vingar de derrota histórica

No primeiro turno, no Etihad Stadium, Wolves venceram por 2 a 0 em jogo impressionante

City Wolverhampton Premier League
City precisa vencer para se aproximar do Liverpool (iStock)

Enfrentar o 8º colocado da Premier League pode não representar um dos grandes jogos da temporada para o Manchester City, mas desta vez ele vale demais. Não só para o time bilionário comandado por Pep Guardiola, como também para aquele que ocupa a posição intermediária da tabela: o Wolverhampton. Em casa, os Wolves recebem os Citizens em uma partida que pode entrar para a história do clube.

Tudo isso motivado pelo que aconteceu no começo da temporada, quando em pleno Etihad Stadium o Wolverhampton jogou demais, contou com grandes atuações individuais e foi mortal nos contra-ataques para vencer o Manchester City por 2 a 0, uma vitória que vai demorar para sair da cabeça do torcedor.

A partida aconteceu na manhã do dia 6 de outubro, em jogo válido pela 8ª rodada da Premier League e foi importante também para o Liverpool, já que foi essa derrota que permitiu que os Reds abrissem tantos pontos na liderança do Campeonato Inglês.

Como foi o jogo?

Logo nos primeiros minutos, o Wolverhampton já mostrou aquela que seria a sua principal arma no jogo. Aos 4 minutos, Adama Traoré mandou um bolão para Cutrone que saiu livre do meio-campo até o gol de Ederson, mas o italiano pecou feio na hora de finalizar e mesmo sozinho chutou muito para fora.

A segunda grande chance da partida também foi à favor do Wolverhampton. Aos 18 minutos da primeira etapa, Mahrez tentou recuar uma bala para a zaga, errou o passe e entregou nos pés de Raúl Jiménez, que saiu no mano a mano com Otamendi. Depois de driblar o argentino, o atacante tentou limpar Fernandinho para bater no gol, mas o brasileiro foi preciso para se recuperar e evitar que a bola fosse para a meta de Ederson. Ali, pela segunda vez, o City deu demonstrações de que a defesa estava em um dia frágil.

E não demorou muito para o time de Manchester vacilar novamente. Três minutos depois, foi a vez de Otamendi errar ao tentar recuar para Fernandinho e novamente Raúl Jiménez recebeu um presente da defesa do City. O mexicano ganhou de Fernandinho na velocidade, mas tentou cavar um pênalti ao ficar cara a cara com o goleiro brasileiro e desperdiçou mais uma ótima oportunidade para abrir o placar.

Só aos 32 minutos que o time da casa conseguiu assustar os Wolves. Sterling recebeu na entrada da área, girou e bateu forte para a defesa de Rui Patrício. O goleiro português voltou a fazer boa intervenção já aos 44 minutos, quando agarrou firme boa finalização de longa distância de Walker.

Uma nova oportunidade de gol na partida só sairia aos 21 do segundo tempo, quando David Silva cobrou falta e acertou em cheio o travessão de Rui Patrício. Na continuação do lance, Zinchenko mandou para a área, a bola ficou no bate e rebate até sobrar para o espanhol finalizar por cima da meta do Wolves. Foi a última chance que o City teve para vencer aquela partida.

Isso porque aos 35 minutos veio o golpe fatal do Wolverhampton. João Cancelo errou passes duas vezes na entrada da área adversária, João Moutinho recuperou e tocou rapidamente para Jiménez, que disparou em direção à meta do Manchester City. O atacante deu uma caneta que deixou Otamendi sentado no chão e tocou para Adama Traoré na entrada da área. Sozinho, o espanhol só precisou tirar de Ederson para abrir o placar.

O Manchester até tentou uma reação, mas não conseguiu ameaçar muito o Wolverhampton e em mais um contra-ataque viu o adversário liquidar a partida. Após roubo de bola no campo de defesa, Jiménez foi acionado mais uma vez, na intermediária encontrou Traoré livre para correr metade do gramado e de novo só chapar na saída de Ederson e ampliar o marcador.

A partida encerrou uma sequência de 12 vitórias em 13 jogos que o City fez no Etihad Stadium desde agosto, quando perdeu para o Tottenham. Além disso, foi a primeira vitória do Wolverhampton no estádio dos Citizens em mais de 40 anos.

E agora?

Nesta sexta-feira (27), os dois adversários se encontram novamente depois da vitória histórica do Wolverhampton. Desta vez, a partida acontecerá no Molineaux, casa dos Wolves, que vão em busca de um novo triunfo que marcaria para sempre a temporada do clube, que até tem um retrospecto equilibrado contra o City, mas que não conseguiu manter o mesmo ritmo desde que o time de Manchester recebeu uma injeção bruta de dinheiro.

A partida começa às 16h45 (horário de Brasília), e é um dos jogos do famoso Boxing Day, período em que a Premier League faz uma maratona de partidas. Só para se ter ideia, Wolverhampton e Manchester City voltam à campo já no domingo, contra Liverpool e Sheffield United, respectivamente.

Aposte com o Betsul

Apesar de estarmos nos últimos dias do ano e de muitos campeonatos terem paralisado para as festividades de Natal e Ano Novo, o Campeonato Inglês segue pegando fogo -- assim como a NBA. Então, aproveite o bônus de até R$ 300,00 do Betsul, o melhor site de apostas da América do Sul, faça o seu cadastro de seus palpites.

Carrinho
SimplesCombinada

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!

R$00.000,00

O que é Jogo do Bem?

O Jogo do Bem é uma iniciativa pioneira do Betsul. Com ele, suas apostas esportivas também contribuem para uma sociedade melhor. A cada aposta realizada, parte do valor é destinado a uma causa ou uma instituição social. E tudo isso sem custos adicionais ao jogador.