Na pré-Libertadores, Corinthians joga para espantar fantasmas do passado

Timão terá que superar traumas e nervosismo diante do Guarani-PAR

Libertadores Corinthians Guarani
Pré-Libertadores começa nesta quarta-feira para o Corinthians (iStock)

Depois do Internacional marcar a estreia dos brasileiros na pré-Libertadores, no empate sem gols contra a Universidad de Chile, chegou a vez do Corinthians fazer o seu primeiro jogo na competição continental. No estádio La Nueva Olla, em Assunção, no Paraguai, o Timão inicia a sua caminhada rumo a fase de grupos diante do Guarani-PAR, nesta quarta-feira (5), às 21h30 (no horário de Brasília).

E duas palavras do parágrafo acima deixam qualquer corinthiano com péssimas lembranças: pré-Libertadores e Guarani-PAR. Ambos são manchas na história recente do Corinthians, que terá que lidar com fantasmas do passado para garantir um futuro na maior competição de clubes da América do Sul. Por isso, mais do que o adversário desta noite, o time de Tiago Nunes terá que jogar contra o próprio nervosismo.

Pré-Libertadores

A pré-Libertadores estreou na edição de 2005 da competição, como uma forma de organizar melhor os times participantes e ampliar o número de clubes envolvidos com o campeonato continental. Desde a sua introdução, Palmeiras (2005, 2006 e 2009), Goiás (2006), Santos (2007), Paraná (2007) e Cruzeiro (2008 e 2010) jogaram a fase preliminar do torneio e sempre conseguiram avançar à fase de grupos. Aliás, sempre passaram pelos adversários com certa tranquilidade, até quando tiveram pela frente equipes mais tradicionais da América do Sul.

Isso até o ano de 2011. Na edição da Conmebol Libertadores da América daquela ocasião, Grêmio e Corinthians foram obrigados a passar por um jogo eliminatório antes de entrarem na fase de grupos. O Imortal não teve dificuldades para eliminar o Liverpool-URU (após o empate em 2 a 2 no Uruguai, vitória tranquila por 3 a 1 em Porto Alegre).

Faltava o Corinthians eliminar o desconhecido Deportes Tolima, da Colômbia, e manter o 100% de aproveitamento dos brasileiros na pré-Libertadores. Com Roberto Carlos e Ronaldo como estrelas de um elenco que ainda contava com Alessandro, Chicão, Leandro Castán, Ralf, Jorge Henrique e Dentinho, o favoritismo estava todo do lado alvinegro, que estreou diante da Fiel no Pacaembu.

A alta expectativa e energia que vinham das arquibancadas não se refletiu em campo. O Corinthians tinha muitas dificuldades para pressionar o Tolima e quando chegava não construía jogadas com chances claras de gol. O adversário, que só pensava em se defender, cumpriu bem o seu papel, chegou a assustar uma vez ou outra em contra-ataques e a sensação é de que o Alvinegro deixou o jogo após os 90 minutos sabendo que se colocou em uma situação delicada para a volta.

Na Colômbia, a história foi completamente diferente. O Tolima aproveitou o caldeirão do estádio para empurrar o Corinthians desde o primeiro minuto. E se de um lado os donos da casa perdiam muitas chances, do outro os brasileiros sequer conseguiam finalizar no alvo, tanto que o time de Tite terminou a primeira etapa sem acertar uma bola no gol.

E quando o Corinthians vivia o seu melhor momento na partida, na segunda etapa, o Tolima abriu o placar. O Alvinegro sentiu o golpe, levou mais um susto logo após o gol e poucos minutos depois viu os donos da casa ampliarem para 2 a 0. Sem forças para reagir, o Timão perdeu e decretou a primeira eliminação de um brasileiro na pré-Libertadores.

“Presente de Deus”

Poucas pessoas se arrependeram tanto de terem dado uma declaração pública quanto Sérgio Janikian, diretor do Corinthians em 2015. Classificado em primeiro no Grupo 2 da Conmebol Libertadores, que tinha São Paulo (vice), San Lorenzo e Danubio (eliminados), o Timão chegava com moral para o mata-mata da competição.

Por ter terminado com a 4ª melhor campanha geral, o Corinthians teria pela frente nas oitavas de final o 13º melhor classificado, o desconhecido Guarani-PAR. Antes do primeiro jogo entre os dois, Janikian foi entrevistado e ao ser perguntado sobre o adversário no primeiro mata-mata respondeu que os paraguaios eram “presente de Deus” para o Timão.

A frase, é claro, repercutiu entre os jogadores do Guarani-PAR e se transformou em pressão para o elenco corinthiano. O resto da história todo mundo já conhece. No primeiro jogo, em Assunção, Santander abriu o placar para os donos da casa em cobrança de falta que contou com uma falha gigante de Cássio. Autor do gol, o atacante serviu de garçom no segundo ao lançar Contreras que ganhou de Felipe e marcou mais um.

Na volta, com a Arena Corinthians batendo recorde de público, o Corinthians amassou o Guarani-PAR durante o jogo inteiro, perdeu um caminhão de gols e quando já não havia mais tempo de conseguir a classificação, no último minuto de jogo, viu Fernando Fernández, o único remanescente no elenco atual, marcar 1 a 0 para os paraguaios. Depois disso, Sérgio pediu demissão do clube.

Libertadores 2020

Enquanto o Corinthians faz a sua estreia nesta Conmebol Libertadores, o Guarani-PAR vai para o seu segundo mata-mata na fase preliminar da competição. Antes de encarar o Timão, os paraguaios passaram pelo San José, da Bolívia, com duas vitórias: 1 a 0 na Bolívia e goleada por 4 a 0 em casa.

Quem passar desse confronto, ainda terá que derrotar o Palestino, do Chile, ou o Cerro Largo, do Uruguai para entrar na fase de grupos da Conmebol Libertadores da América. O classificado entra na chave B que tem Bolívar-BOL, Palmeiras e Tigre-ARG.

Aposte com o Betsul

Os jogos da Conmebol Libertadores da América sempre são muito disputados, o que faz com que as odds para apostar nos jogos sejam altas. É o caso do jogo entre Guarani-PAR e Corinthians. No Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, o triunfo dos donos da casa está cotado em 3.07, enquanto a vitória do Timão paga 2.34 vezes o valor apostado e o empate tem cotação na casa dos 2.91.

Para apostar, basta fazer o seu cadastro no site, aproveitar o bônus de até R$ 120,00 do primeiro depósito e começar a dar os seus palpites!

Carrinho
SimplesCombinada

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!

R$00.000,00

O que é Jogo do Bem?

O Jogo do Bem é uma iniciativa pioneira do Betsul. Com ele, suas apostas esportivas também contribuem para uma sociedade melhor. A cada aposta realizada, parte do valor é destinado a uma causa ou uma instituição social. E tudo isso sem custos adicionais ao jogador.