Bundesliga
1x2
HISTÓRIA

A Bundesliga é a principal competição de clubes da Alemanha e uma das mais importantes da Europa. Criada em 1963, para fortalecer o futebol nacional, a primeira edição foi disputada no ano seguinte e vencida pelo Colônia. Antes, o Campeonato Alemão era disputado em outros formatos desde 1903.

A Bundesliga reúne a elite do futebol alemão. Atualmente, no formato de pontos corridos, 18 equipes jogam entre si, em turno e returno, pelo título nacional. Ao final das 34 rodadas, as quatro primeiras colocadas se classificam para a fase de grupos da UEFA Champions League, a quinta à fase de grupos da UEFA Europa League e a sexta às qualificatórias da UEFA Europa League. Já na parte de baixo da tabela, as duas última colocadas são rebaixadas e a 16ª colocada disputa um playoff de rebaixamento para seguir na primeira divisão ou cair para a segunda.

Antes da era Bundesliga, o Campeonato Alemão teve momentos conturbados. Em 1904, a competição terminou sem campeão. Entre 1915 e 1919, não houve disputa devido à Primeira Guerra Mundial. A final de 1922 foi interrompida por falta de luz e o título ficou vago. A partir de 1938, times austríacos passaram a disputar a competição por conta da anexação da Áustria à Alemanha Nazista. Já entre 1945 e 1947 não houve torneio devido à Segunda Guerra Mundial.

Era pré-Bundesliga

Em 1900, surgiu na Alemanha a Deutscher Fussball-Bund (DFB), a primeira associação de futebol em escala nacional no país. No entanto, o esporte se manteve como era antes: praticado de forma amadora e regionalizada, com os campeões de cada região disputando o título nacional em um torneio eliminatório. Três anos depois de os 86 clubes-membros formarem uma “federação”, o primeiro Campeonato Alemão foi realizado, ainda nos moldes citados acima, com o VfB Leipzig se sagrando campeão ao bater o DFC Prague, por 7 a 2.

Nos primórdios, além de clubes alemães também podiam participar do campeonato equipes de outras nacionalidades, contanto que elas se filiassem a alguma região. É o caso do próprio DFC Prague, que pertencia ao império da Áustria-Hungria. No ano seguinte, em 1904, a associação decidiu proibir esse tipo de exceção e o campeonato passou a contar com apenas clubes da Alemanha.

Nesta temporada, aliás, a final acabou não sendo realizada e o Campeonato Alemão ficou sem campeão. Essa não foi a única vez em que a competição foi interrompida ou não aconteceu. Situações assim se repetiram durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) e no fim da Segunda Guerra Mundial (entre 1944 e 1946).

Nazismo e reformulação

Já em 1933, o futebol alemão começou a passar por um processo de transformação que serviria como semente para uma unificação do campeonato. Neste ano, o Partido Nazista tomou controle do poder no país e iniciou o Terceiro Reich. A DFB perdeu autonomia devido à forte influência do regime totalitário no esporte e logo foi substituída pela DRA, uma espécie de comitê nazista do esporte. Pouco tempo depois, ela foi trocada pela DLR/NSRL, que tinha ainda mais domínio da ditadura de Adolf Hitler.

Até o fim do Terceiro Reich, em 1945, o futebol no país foi reformulado e passou a ser dividido em 16 sub-divisões, passando de cerca de 600 clubes na elite do futebol alemão para apenas 170. Em 1935, o Partido Nazista lançou a Copa da Alemanha. Eram os primeiros passos para a construção de um cenário nacional, organizado e sólido.

Período pós-guerra

Ao final da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha sofreu uma série de sanções, assim como seus times de futebol. Os clubes foram banidos por um ano e em 1945/46 foi permitido que aqueles sem filiação política voltassem à ativa. Por isso, a temporada se resumiu a um campeonato regional com equipes da parte do Sul e Sudoeste do país.

Apenas em 1948/49 o Campeonato Alemão voltou a ter uma dimensão nacional. Em 1953, foi a vez da Copa da Alemanha voltar a ser disputada anualmente.

Nos anos 50, a profissionalização do futebol na Alemanha virou uma demanda muito popular. Outros países já tinham ligas profissionais e acabavam contratando atletas alemães, algo que os fãs enxergavam como enfraquecimento do esporte. O ponto de mudança foi a Copa do Mundo de 1954, quando a Alemanha Ocidental conseguiu o feito de bater a Hungria na decisão e se tornar campeã, sendo a primeira e única seleção semi-profissional da história a ter essa conquista.

A era Bundesliga

Se em 1954 a Alemanha estava empolgada e à espera de uma evolução no futebol local, em 1962 a situação chegou ao limite. Também na Copa do Mundo, a derrota para o Chile nas quartas de final foi decisiva para que fosse criada uma sólida liga nacional. Em Dortmund, a DFB elegeu seu novo presidente e no mesmo dia anunciou a criação da Bundesliga, inspirada na Liga Inglesa que desde 1888 já trazia futebol profissional à Inglaterra.

No total, 46 clubes, de cinco Premier Leagues diferentes, regiões de elite do futebol alemão, se candidataram a participar da primeira temporada da Bundesliga, em 1963/64. A liga escolheu 16, baseado no sucesso recente, poder econômico e região que representava.

Desde então, a Bundesliga não para de crescer, apesar de ter enfrentado alguns períodos duros em que precisou se reinventar, chegando, inclusive, a um dia ter sido a liga de futebol mais lucrativa e valiosa do planeta.

MAIORES CAMPEÕES

O maior campeão da história do Campeonato Alemão é o Bayern de Munique. Na lista a seguir, contabilizamos todos os títulos nacionais, desde a era anterior à criação da Bundesliga:

Clube - Títulos

1Bayern Munique 29

2Nuremberg9

3Borussia Dortmund8

4Schalke 047

JogadorPartidasGols
Gerd Müller427365
Klaus Fischer535268
Robert Lewandowski313227
Jupp Heynckes369220
Manfred Burgsmüller447213
Claudio Pizarro487197
Ulf Kirsten350182
Stefan Kuntz449179
Dieter Müller303177
Klaus Allofs424177