Mourinho reencontra Chelsea para desempatar retrospecto contra ex-clube

Será o 10º duelo do português contra o time em que é símbolo e ídolo

Mourinho Chelsea
Será o 10º duelo do português contra o time em que é símbolo e ídolo. (Crédito: iStock)

José Mourinho e Chelsea na mesma frase é sempre sinônimo de uma relação vitoriosa, de idolatria e de reconstrução. Mas é em um contexto bem diferente em que esses dois serão colocados no domingo (22). Desta vez, o técnico português e o clube londrino são rivais na 18ª rodada do Campeonato Inglês, quando o treinador comandará o Tottenham, no Tottenham Hotspur Stadium, contra os Blues, clube que ajudou a reerguer o começo do milênio.

Não será a primeira vez que isso acontecerá, é verdade. No entanto, a partida poderá servir para desempatar o retrospecto de José Mourinho contra o time do qual é ídolo e saber quem se dá melhor longe da parceria de anos. Até o momento, comandando a Inter de Milão e o Manchester United, o português jogou contra o Chelsea nove vezes, com quatro vitórias, quatro derrotas e um empate. 

Os anos de ouro no Chelsea

Dois personagens são fundamentais na reconstrução do Chelsea no começo dos anos 2000. O primeiro deles é Roman Abramovich, que comprou o clube em junho de 2003 e praticamente evitou que o time fosse à falência. No comando dos Blues, o magnata russo fez contratações de peso para o técnico Claudio Ranieri, que levou o time ao vice-campeonato inglês e à semifinal da Champions League. 

Sonhando alto, Abramovich demitiu o italiano ao fim da temporada 2003/04 e para a seguinte apostou em José Mourinho, que com o modesto time do Porto havia sido campeão europeu sobre o Monaco, que eliminará o Chelsea. E durante três temporadas os Blues viveram um casamento muito vitorioso com o técnico português.

Foram seis títulos neste período, que contou com o bicampeonato da Premier League (2004/05 e 2005/06), Copa da Inglaterra (2006/07), dois troféus da Copa da Liga Inglesa (2004/05 e 2006/07) e conquista da Supercopa da Inglaterra (2005). No entanto, os seguidos fracassos na Liga dos Campeões da Europa levaram Mourinho e Abramovich a terminarem o vínculo com o clube de Londres e o treinador foi seguir novos caminhos.

O reencontro com o Chelsea

A primeira vez em que José Mourinho voltou a encontrar o Chelsea foi na temporada 2009/10, quando treinava a Inter de Milão. E quis o destino que o treinador ficasse frente a frente contra os Blues bem no mata-mata da Liga dos Campeões. Na fase de oitavas de final, o primeiro jogo aconteceu no Giuseppe Meazza, na Itália, e quem largou na frente foi o time da casa, que venceu por 2 a 1, com gols de Milito e Cambiasso (Kalou descontou para os ingleses).

Na partida da volta, o clima no Stamford Bridge era um misto de sentimentos. Afinal, José Mourinho pisava pela primeira vez no estádio em que proporcionou muitas alegrias ao torcedor do Chelsea. Porém, naquela noite, o treinador viu mais uma vez a torcida ir embora para casa desolada. Na reta final do segundo tempo, Samuel Eto’o balançou a rede para a Inter e decretou mais uma eliminação dos Blues na Champions.

A volta para a Inglaterra

Mourinho foi campeão da Liga dos Campeões e do Mundial de Clubes da FIFA com a Inter, depois deixou a Itália, voltou para o Chelsea, saiu mais uma vez, ficou um tempo afastado do cargo de treinador de futebol e acertou o seu retorno ao assinar com o Manchester United, um dos grandes rivais dos Blues na Inglaterra.

Em outubro de 2016, agora como técnico dos Red Devils, Mourinho reencontrou a torcida do Chelsea no Stamford Bridge. Visto por muitos como traidor, o português teve uma tarde para ser esquecida na 9ª rodada do Campeonato Inglês. Goleada por 4 a 0 para os mandantes e muito barulho no estádio ao final do jogo.

Meses depois, em março de 2017, Mourinho foi mais uma vez ao estádio em Londres e novamente saiu de lá sem boas lembranças. Pelas quartas de final da Copa da Inglaterra, eliminação após N’Golo Kanté marcar no início da segunda etapa e marcar o único gol do duelo.

A vingança veio no segundo turno da Premier League com triunfo por 2 a 0 no Old Trafford. As equipes também confirmaram seus mandos de campo na temporada seguinte, com o Chelsea batendo Mourinho e o United no Stamford Bridge por 1 a 0, no primeiro turno, mas perdendo por 2 a 1 em Manchester, no returno. No entanto, o ano de 2017/18 terminou com gostinho melhor para os Blues, que venceram o rival na decisão da Copa da Inglaterra, com penalidade convertida por Hazard.

Antes de se despedir do Manchester United, Mourinho ainda enfrentou o Chelsea mais uma vez, na temporada passada do Campeonato Inglês, quando empatou em 2 a 2 com os Blues no Stamford Bridge.

E agora, o que acontece?

Pela primeira vez como técnico do Tottenham, José Mourinho vai encarar o Chelsea. Desta vez, no entanto, o encontro não acontece fora de casa, mas diante de seu torcedor. E o momento é todo do time comandado pelo português, que venceu quatro dos últimos cinco jogos pela Premier League, retrospecto bem diferente dos Blues, que somam uma vitória e quatro derrotas no mesmo período.

Acredita que Mourinho vencerá seu ex-clube mais uma vez ou chegou a hora do Chelsea voltar a triunfar na Premier League após dois reveses seguidos? Faça o seu cadastro no Betsul, aproveite o bônus de até R$ 300,00 de fim de ano e dê os seus palpites para os jogos das últimas semanas do ano no Campeonato Inglês.

Carrinho
SimplesCombinada

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!

R$00.000,00

O que é Jogo do Bem?

O Jogo do Bem é uma iniciativa pioneira do Betsul. Com ele, suas apostas esportivas também contribuem para uma sociedade melhor. A cada aposta realizada, parte do valor é destinado a uma causa ou uma instituição social. E tudo isso sem custos adicionais ao jogador.