Números do Paulistão 2020: em quais quesitos o seu time é líder

Com a 1ª fase próxima do fim, veja quais são os destaques até o momento

Paulistao 2020 campeonato paulista
Desarmes, gols, dribles e defesas são alguns números que você encontra com o Betsul (iStock)

Faltando apenas duas rodadas para o término da fase de grupos do Paulistão 2020, a competição foi suspensa por tempo indeterminado devido ao surto de coronavírus em São Paulo, principalmente na capital paulista, o maior foco de casos no país. Com futuro indefinido, pois não se sabe quanto tempo levará até que a situação se estabilize (se demorar pode tornar o calendário brasileiro atual impraticável), o estadual é uma incógnita, mas também é cheio de certezas.

Como todos os times já jogaram 10 vezes no Campeonato Paulista, já é possível analisar onde cada uma das equipes se destaca nesta edição da competição. Com o auxílio do Footstats, parceiro do Betsul, separamos estatísticas que vão ajudar a entender o desempenho dos 16 clubes envolvidos na elite do futebol no estado. Confira!

Time mais goleador

É o surpreendente Mirassol o time que mais vezes castigou seus adversários na 1ª fase do Paulistão 2020. Vice-líder do Grupo C da competição, atrás do São Paulo por dois pontos, o time do interior castigou o Botafogo-SP por 6 a 0, deu trabalho para o Corinthians, venceu o RB Bragantino e na última rodada antes da pausa superou o Santo André, líder geral do estadual. Comandados por Camilo, o Mirassol marcou 16 gols em 10 partidas e deixa para trás Guarani e Palmeiras, com 15, Tricolor (14), Braga (13) e Timão (12).

Time menos vazado

O Palmeiras mudou com Vanderlei Luxemburgo e a melhora pode ser vista na defesa alviverde, a melhor do Paulistão nos primeiros 10 jogos da fase de grupos. Foram apenas quatro gols sofridos: dois para o RB Bragantino, na única derrota da equipe na competição, um para a Ferroviária e outro diante do Mirassol. Quem divide esse posto com o Verdão é o Grêmio Novorizontino, que também tem se mostrado quase impenetrável. São Paulo, Guarani, Mirassol e Corinthians foram os únicos oponentes que conseguiram superar a defesa do time de Novo Horizonte até o momento.

Reis dos dribles

O quesito dribles tentados também é liderado pelo Palmeiras. São 107 tentados com 71 certos e 36 errados (66,4% de aproveitamento). Bem atrás, com 90, aparece o Santos, que tem um desempenho melhor do que o rival, 67,8% (61 certos e 29 errados). No entanto, quem menos erra na hora das jogadas individuais é o Mirassol. São apenas 54 dribles e um aproveitamento absurdo de 81,5% (acertou 44 e falhou em apenas 10 oportunidades).

Quem também só errou 10 tentativas de dribles é o Red Bull Bragantino. São 52 no total, com acerto de 42 (80,8%). Surpreendentemente, o pior time neste quesito é o líder Santo André. O time do ABC tentou 31 dribles, acertou 17 e errou 14 (54,8%).

Time tike-taka

Não deve ser surpresa para ninguém que o time que mais troca passes no Paulistão é o São Paulo de Fernando Diniz. O treinador que tem na posse de bola o seu principal jeito de jogar faz com que o Tricolor paulista lidere com folga esta estatística. São 5.594 passes totais em 10 jogos, com aproveitamento de 94% (acertou 5.256 e errou somente 338).

Quem vem na sequência é o Corinthians de Tiago Nunes, outro técnico que gosta de ver o seu time com a bola nos pés. O Alvinegro soma 4.985 passes totais, sendo 4.617 certos e apenas 368 errados (aproveitamento elevado de 92,6%).

Novamente, o “lanterna” do quesito é o Santo André. Além de ser o time da A1 que menos troca passes (2.455) é o que mais erra proporcionalmente, com apenas 83,5% de acerto.

Time ladrão de bola

O Corinthians mudou consideravelmente com Tiago Nunes, mas ainda manteve a essência de ser um time muito combativo. Não à toa, o Timão é um dos que mais rouba bolas dos seus adversários. Com exatamente os mesmos números aparece o rival Palmeiras, uma coincidência bem curiosa. Os protagonistas do Dérbi tentaram 187 roubadas e tiveram êxito em 86,6% das vezes (162 certos e apenas 25 errados).

No entanto, três clubes aparecem com aproveitamento superior a Corinthians e Palmeiras. O primeiro deles é o Santo André, com 88% (150 totais, 132 certos e 18 errados). Pouco melhor está o São Paulo, que aparece com 88,2% (161 tentativas, 142 certas e 19 erradas). Por fim, o time mais eficiente neste quesito é o Botafogo-SP, com 89,1% de aproveitamento (175 botes, 156 corretos e 19 falhados).

Time indisciplinado

Nenhum time no Paulistão foi tão advertido até o momento como a Ponte Preta. São 27 cartões amarelos e três vermelhos, o recorde da edição após 10 rodadas. Atrás está o Santo André, punido 25 vezes com cartões amarelos, mas que ainda não teve nenhum atleta expulso na competição. 

Do lado oposto, o título de equipe fair-play vai para o São Paulo, com somente 15 amarelos e nenhum vermelho. Número muito próximo a Mirassol e Ferroviária, que levaram 17 advertências de cartão amarelo (no entanto o time de Araraquara teve dois atletas expulsos).

Confira mais estatísticas

Essas são apenas algumas estatísticas do Paulistão 2020. No Betsul, você encontra isso e muito mais na página de cada confronto, independentemente da modalidade, país e campeonato do evento. Fornecemos uma série de dados para que o usuário tenha o máximo de informações antes de apostar, aumentando as chances de conseguir um palpite certeiro.

Além disso, o Footstats também oferece uma série de números de vários campeonatos de futebol no Brasil e no mundo que vão deixar o estudo para uma aposta ainda mais completo.

Carrinho
SimplesCombinada

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!

R$00.000,00

O que é Jogo do Bem?

O Jogo do Bem é uma iniciativa pioneira do Betsul. Com ele, suas apostas esportivas também contribuem para uma sociedade melhor. A cada aposta realizada, parte do valor é destinado a uma causa ou uma instituição social. E tudo isso sem custos adicionais ao jogador.