7 Motivos para assistir aos playoffs da NBA AO VIVO no Betsul

Mata-mata do melhor basquete do mundo está repleto de equilíbrio e rivalidade

Disputado na Bolha da Disney, mata-mata do melhor basquete do mundo está repleto de atrações. (iStock)

A atual temporada da NBA é, em muitos aspectos, atípica. Contudo, algo indiscutível é a emoção dos jogos de playoffs que começam a partir desta segunda-feira (17). Realizado na “bolha” da Disney, o mata-mata do melhor basquete do mundo traz 16 equipes que lutam pelo tão sonhado título da NBA. Disputa em uma melhor de sete, cada jogo é decisivo nos confrontos e essa temporada traz grandes atrações para ficar de olho. 

Excelente notícia para quem faz parte do time Betsul que, além de apostar nas partidas do melhor basquete do mundo, pode assistir aos jogos dos playoffs da NBA AO VIVO direto do site. Veja abaixo x motivos para acompanhar os playoffs e o passo a passo para ver os jogos no site:

Lakers de volta aos playoffs

Apesar de terminarem na liderança da Conferência Oeste, os Lakers não jogaram bem neste restante da temporada regular na bolha. A equipe venceu três jogos e perdeu cinco. Os astros LeBron James e Anthony Davis não tiveram um bom desempenho nesse período. Quem brilhou foi Kyle Kuzma que teve números superiores ao que tinha antes da pandemia, com mais três pontos na média por partida e aproveitamento de 44,4% nas bolas de três pontos. 

A segunda franquia com mais títulos da história da NBA não chegava aos playoffs desde 2012/13. Porém, se quiser ir longe precisa que seus astros voltem a jogar no mais alto nível de basquete. 

Clippers de Kawhi Leonard buscam título inédito

Quem ficou na segunda posição na Conferência Oeste foi o Clippers que para muitos é o grande favorito. Liderados por Kawhi Leonard (MVP das Finais da última temporada) e Paul George, a franquia chega com altas expectativas para conquistar o seu primeiro título da NBA. Para isso, contam com o experiente treinador Doc Rivers - que também atuou no Clippers como jogador - para encontrar a química necessária para o time ser a grande força não apenas de Los Angeles mais de toda a liga. 

A missão de Damian Lillard

Antes da paralisação, o Portland Trail Blazers faziam uma temporada bem abaixo do esperado e tudo indicava que ficariam de fora dos playoffs. Contudo, a equipe se reergueu e chegou ao mata-mata jogando bem. Os Blazers contam com peças importantes como Jusuf Nurkic no garrafão, o ala armador CJ McCollum e o veterano Carmelo Anthony para ajudar o líder da equipe o armador Damian Lillard. 

Lillard é o grande astro da franquia há anos e segue na luta para dar um título para os Blazers. Habilidade não falta para o armador e, aparentemente, alcance de arremesso também não, afinal até do logo do meio da quadra ele está acertando

Existem zebras no Oeste?

Claro que se existem times favoritos, existem zebras. Contudo, algumas equipes não vão surpreender muito caso cheguem longe nos playoffs. Os Nuggets, por exemplo, têm um elenco forte e equilibrado. Liderados pelo pivô Nikola Jokic e o armador Jamal Murray, a equipe até sofreu lesões importantes na bolha, porém dois jovens jogadores emergiram nesse período: Michael Porter Jr e Bol Bol. 

Liderados por James Harden, os Rockets lutam para ir longe na Conferência Oeste. Russell Westbrook, que chegou para essa temporada, começa os playoffs de fora devido a uma lesão. E, se nos últimos tempos o basquete viu o protagonismo dos pivôs diminuir, na equipe de Mike D’Antoni é quase nulo. Na verdade, o time abdicou de jogar com um pivô de origem no time titular. Assim, apesar de ganhar mais opções de arremessadores, o time tem uma fraca força no garrafão e sofre para pegar rebotes. 

Se para os Rockets falta presença de garrafão, o Utah Jazz tem de sobra. Eleito duas vezes seguidas o Jogador Defensivo do Ano, o pivô Rudy Gobert mais uma vez está indicado para a categoria e luta para ajudar o armador Donovan Mitchell a liderar o Jazz longe nos playoffs. Ainda pode ser cedo, mas a dupla europeia do Dallas Mavericks formada por Luka Doncic e Kristaps Porzingis também pode dar muito trabalho. 

Giannis Antetokounmpo lidera os Bucks 

MVP da última temporada, o grego é o grande destaque individual da Conferência Leste. Com a melhor campanha do Leste, Giannis e os Bucks têm grandes expectativas de conquistar o título da NBA, que não é vencido pela franquia desde 1971. Do ponto de vista ofensivo, os Bucks não parecem ter um ponto fraco, já no defensivo o garrafão é bem protegido por Giannis e os irmãos López, porém a marcação do perímetro precisa ser cuidada. 

Raptors fortes para defender o título

Após conquistar o título inédito da NBA de forma surpreendente, os Raptors sofreram uma perda importante. O MVP das Finais, Kawhi Leonard deixou Toronto e foi para Los Angeles. Apesar da saída do astro, os Raptors provaram ser um time forte e muitos jogadores elevaram o nível de desempenho na atual temporada. Sete jogadores terminaram com médias de pontos por jogo de dois dígitos. O cestinha da equipe é Paskal Siakam com média de 22.9 pontos por jogo. 

A equipe terminou com a segunda melhor campanha do Leste e conta com um time balanceado para chegar novamente às Finais. Além do cestinha, os veteranos Marc Gasol e Kyle Lowry são peças fundamentais no time. 

Equilíbrio no Leste

Entre os favoritos até pouco tempo, o Philadelphia 76ers sofreu um grave desfalque. Ben Simmons se lesionou e precisou operar o joelho. Sem o australiano pelo restante da temporada, a grande responsabilidade caiu sobre os ombros do pivô Joel Embiid. A equipe conta ainda com bons jogadores como Al Horford e Tobias Harris, porém avançar no Leste ficou complicado. 

Especialmente, porque o primeiro adversário dos 76ers já é o Boston Celtics. O maior campeão da história da NBA chega novamente aos playoffs com a expectativa de ir longe, porém não carrega tamanha expectativa como em temporadas passadas. Liderados por Kemba Walker e Jayson Tatum, os Celtics têm boas chances, mas ainda precisam demonstrar uma imposição maior na Conferência. 

Outro confronto interessante é entre Miami Heat contra o Indiana Pacers, que coloca frente a frente a rivalidade de Jimmy Butler com TJ Warren. Os jogadores já se desentenderam uma porção de vezes em quadra e agora isso será resolvido nos playoffs. Butler já tem um histórico consolidado na liga, enquanto Warren foi uma grata surpresa nessa bolha, com direito a uma partida de 53 pontos. 

Quem faz parte do melhor site de apostas esportivas da América do Sul não vai perder nada disso! No Betsul, você acompanha todos os jogos da NBA AO VIVO direto do site. Além de transformar os seus palpites em dinheiro, todas as emoções do melhor basquete do mundo estão disponíveis nas transmissões. 

Veja como assistir aos jogos da NBA AO VIVO:

  • 1. Certifique-se que você tem cadastro ativo e saldo em conta no site.
  • 2. Clique em Basquete -> EUA -> NBA.
  • 3. Selecione o confronto que deseja assistir e clique em "AO VIVO" para acompanhar a partida.
  • 4. Aproveite e faça a sua aposta.
Carrinho
SimplesCombinada
Compre Créditos
pertinho de você!
Encontre o ponto de venda mais próximo
FÁCIL COMO USAR DINHEIRO

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!