5 decepções da temporada regular da NFL 2019/20

Algumas criaram expectativas de Super Bowl, mas frustraram seus torcedores até agora

Cinco equipes tinham altas expectativas antes da temporada, mas decepcionaram seus torcedores. (Crédito: iStock)

Mais da metade da temporada 2019/20 já foi e algumas equipes não corresponderam às expectativas que foram criadas para este ano. Como todo começo de temporada, muito se esperava sobre certas franquias, que aparentavam que iriam decolar quando as partidas começassem, mas a realidade se mostrou cruel para os torcedores. Altas esperanças com os novos reforços, manutenção de uma boa base, novo treinador, essas são algumas das razões que fizeram muitos fãs acreditarem que a 100ª temporada da NFL seria fiel à expressão “agora vai”!

Por isso, nós do Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, reunimos abaixo as cinco grandes decepções da temporada regular da NFL, até aqui. Cada uma das cinco equipes, que desapontaram seus torcedores, tem suas particularidades, mas o grande ponto em comum é a alta expectativa antes da temporada e a quebra da mesma quando as partidas começaram. Confira:

CLEVELAND BROWNS

Os Browns estão há 11 temporadas com campanhas negativas, isto é, terminaram 11 vezes com mais derrotas do que vitórias. Porém, já no final da última temporada a expectativa era boa para a atual, a franquia terminou com sete vitórias, oito derrotas e um empate, esperava-se uma melhora do quarterback calouro Baker Mayfield e que finalmente o ar perdedor iria mudar. Quando a franquia adquiriu a estrela Odell Beckham Jr, dos Giants, a expectativa disparou ainda mais alto, muitos falaram até em Super Bowl

A temporada 2019/20 começou e o choque de realidade foi grande. Até aqui, foram seis derrotas e apenas quatro vitórias. O novo treinador, Freddie Kitchens, se mostra bastante limitado, Mayfield tem o pior rating (76.8) da liga e também não parece encontrar uma sintonia com o novo recebedor, OBJ, que, com apenas um touchdown marcado, aparece mais nas manchetes por polêmicas do que pelo desempenho em campo. 

O que ainda pode dar esperanças aos torcedores dos Browns é o calendário, que fica mais tranquilo para as próximas rodadas. Nos seis jogos restantes, a equipe enfrenta apenas uma com campanha positiva na temporada, o rival e líder da divisão, Baltimore Ravens. É quase impossível que Cleveland consiga tirar esse título divisional dos Ravens, mas caso consiga uma grande reviravolta e vença grande parte dos próximos jogos, pode pensar em uma vaga para os playoffs como Wild Card

CHICAGO BEARS

A temporada passada terminou de forma trágica e melancólica para os Bears. Na rodada de Wild Card dos playoffs, em casa, no último lance do jogo, o kicker Cody Parkey errou o chute que daria a vitória para Chicago contra o Philadelphia Eagles. Com um setor defensivo muito forte, era de se esperar que o ataque comandado por Mitchell Trubisky tivesse uma melhora que fosse suficiente para deixar a equipe mais competitiva. 

A defesa faz a parte dela e muito bem, sendo uma das que menos cedeu jardas e pontos para os adversários em toda a liga. Já o ataque é um dos piores da NFL, basta ver a média por jogo de pontos (16.9), de jardas (262.7), de jardas aéreas (182.8) e jardas corridas (79.9). Trubisky, por sua vez, parece ter regredido como quarterback e parece estar limitando a franquia.

Para piorar os Bears, que foram campeões da sua divisão ano passado, têm grandes concorrentes divisionais, como Minnesota Vikings e Green Bay Packers, ambos com oito vitórias na temporada. Enquanto Chicago segue com apenas quatro vitórias e seis derrotas, e terá pela frente quatro jogos contra times com aproveitamento acima dos 50%, sendo uma partida contra os Packers e uma contra os Vikings. 

NY JETS 

Novo treinador, grandes reforços no ataque e na defesa criaram grandes expectativas para os torcedores dos Jets, que estão há três temporadas com campanha negativa. O treinador Adam Gase, ex-Dolphins, não trouxe muita expectativa junto com ele, mas as chegadas dos jogadores C.J. Mosley, Le’Veon Bell, Jamison Crowder e Quinnen Williams carregaram os sonhos dos Jets. Porém, ao que tudo indica, a franquia de Nova York terminará mais um ano com mais derrotas do que vitórias e fora dos playoffs. 

Com apenas três vitórias e sete derrotas, a equipe está entre as piores da liga em algumas médias ofensivas por jogo: pontos (16.4), jardas conquistadas (248.2), jardas aéreas (176.1) e jardas corridas (72.1). A sorte também não favoreceu o time de NY, pois o quarterback titular, Sam Darnold, ficou de fora de três jogos por conta de uma mononucleose, conhecida como “doença do beijo”. O desempenho de Darnold não tem sido nada bom, o jogador foi interceptado 10 vezes e tem um dos piores ratings da liga (81.1). 

LOS ANGELES CHARGERS 

Um dos times mais empolgantes de se acompanhar na última temporada, os Chargers chegaram aos playoffs e foram eliminados pelos Patriots, que viriam a ser os campeões. A expectativa era de que com a manutenção do elenco, a equipe amadurecesse e conseguisse ir ainda mais longe nos playoffs. Porém, isso não aconteceu. 

Na verdade, a equipe demonstrou um grande declínio e já tem sete derrotas e apenas quatro vitórias. O veterano quarterback Philip Rivers não tem cuidado bem da bola e já lançou para 14 interceptações, segunda pior marca da liga. Além disso, a defesa é uma das que menos conseguiu forçar turnovers adversários (apenas 11). 

ATLANTA FALCONS

A impressão que passa é que os Falcons ainda não se recuperaram da inacreditável derrota para os Patriots no Super Bowl LI. Sim, isso foi há três temporadas, mas desde então a franquia de Atlanta tem caído de desempenho. No ano passado, os Falcons sofreram com diversas lesões importantes, principalmente na defesa, e esperava-se que neste ano a equipe voltasse a jogar bem. 

Até aqui, os Falcons têm apenas três vitórias e sete derrotas na temporada, a defesa é uma das que mais cedeu pontos aos adversários e menos forçou turnovers. O ataque tem produzido relativamente bem, porém apenas com o jogo aéreo. O jogo corrido é um dos piores da liga em termos de jardas (74.5 por jogo), touchdowns (4) e jardas por tentativa (3.6).  

EM QUEM VOCÊ APOSTA?

Acredita que alguma dessas equipes vai dar a volta por cima? Acesse o Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, cadastre-se e aproveite o bônus de até R$120,00 para apostar em todos os jogos da temporada da NFL.

Carrinho
SIMPLESCOMBINADA

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!

R$00.000,00

O que é o Jogo do Bem?

O Jogo do Bem é uma iniciativa pioneira do Betsul. Com ele, suas apostas esportivas também contribuem para uma sociedade melhor. A cada aposta realizada, parte do valor é destinado a uma causa ou uma instituição social. E tudo isso sem custos adicionais ao jogador.