Técnicos demitidos no Brasileirão Série A 2020

Primeira demissão veio na 4ª rodada do Campeonato Brasileiro

Primeira demissão veio na 4ª rodada do Campeonato Brasileiro. (iStock)

Um dos grandes estigmas no futebol brasileiro é a alta rotatividade dos treinadores. Muitas vezes, de forma nociva, na busca de um culpado por uma má fase do clube, a pressão cai sobre quem está no comando técnico. Eliminações e sequência de resultados negativos entram nos principais motivos para essas demissões. Prova disso é que 16 treinadores já foram demitidos em 23 rodadas disputadas do Brasileirão Série A 2020. 

Portanto, quase metade dos clubes que disputam a elite do Campeonato Brasileiro mudaram o comando técnico desde o início da competição. E, fica difícil imaginar que o número de demissões não aumente ao longo das próximas rodadas. 

Quais técnicos foram demitidos no Brasileirão 2020?

Eduardo Barroca (Coritiba) - 4ª rodada

O primeiro treinador a ser demitido no Brasileirão 2020 foi Eduardo Barroca. Após iniciar a competição com quatro derrotas consecutivas, o treinador teve seu ciclo com o Coxa encerrado. Barroca assumiu o cargo no início do ano e durou cerca de oito meses. 

Ney Franco (Goiás) - 4ª rodada

Assim como Barroca, Ney Franco foi demitido logo após a 4ª rodada do Brasileirão. Após quase completar um ano no cargo, o treinador não conseguiu manter o cargo depois de uma sequência de três partidas sem vitória. A derrota para o Fortaleza foi o estopim para a demissão de Ney Franco. 

Daniel Paulista (Sport) - 5ª rodada

No clube desde fevereiro, Daniel Paulista não sobreviveu após derrota para o São Paulo, na 5ª rodada do Brasileirão. Na competição, o treinador conseguiu levar o Sport a uma única vitória. 

Dorival Júnior (Athletico-PR) - 5ª rodada

Após uma sequência de quatro derrotas consecutivas, o técnico Dorival Júnior foi demitido do Athletico-PR. No entanto, o treinador não esteve no comando da equipe em três dessas partidas, pois estava se recuperando da Covid-19. Contudo, a derrota para o São Paulo resultou na demissão de Dorival, que estava no comando do Furacão desde o final de 2019. 

Felipe Conceição (Red Bull Bragantino) - 6ª rodada

Após uma boa campanha no Paulistão 2020, o treinador não conseguiu manter o desempenho no Brasileirão. Após derrota para o Fortaleza, por 3 a 0, Conceição foi demitido e teve seu ciclo no Bragantino encerrado. O treinador assumiu o comando técnico do clube em janeiro deste ano. 

Roger Machado (Bahia) - 7ª rodada

Desde abril de 2019 no comando do Bahia, Roger teve seu ciclo encerrado após derrota para o Flamengo, em casa, na 7 rodada. Nesse período, o treinador conquistou os títulos estaduais com o time baiano, e sua demissão foi, de certa forma, uma surpresa para alguns.  

Tiago Nunes (Corinthians) - 9ª rodada

A pressão sobre Tiago Nunes durou semanas, devido ao baixo desempenho do Corinthians. No clube desde janeiro, o treinador foi demitido após a derrota no Dérbi para o Palmeiras, em casa, na 9ª rodada do campeonato. 

Thiago Larghi (Goiás) - 12ª rodada

Contratado para o lugar de Ney Franco, demitido na 4ª rodada, Thiago Larghi comandou o Goiás por 38 dias. Sob o comando de Larghi, o time esmeraldino teve três derrotas, dois empates e uma única vitória. 

Paulo Autuori (Botafogo) - 12ª rodada

Após uma sequência de nove partidas sem vitória, Paulo Autuori teve essa passagem pelo Botafogo encerrada. A derrota para o Bahia foi a última partida de Autuori no cargo, que assumiu no início de fevereiro. 

Ramon Menezes (Vasco) - 14ª rodada

Outro treinador que não suportou uma sequência negativa foi Ramon Menezes. Depois de perder para o Bahia, por 3 a 0, e emplacar seis jogos sem vitória, Ramon foi demitido do comando técnico do Vasco. 

Vanderlei Luxemburgo (Palmeiras) - 16ª rodada

Contratado no final de 2019, Luxa assumiu o Palmeiras e conquistou a Flórida Cup e o Paulistão 2020. No entanto, após uma sequência de resultados negativos e um desempenho muito aquém do esperado, Luxemburgo foi demitido e encerrou mais uma passagem no time alviverde.  

Jorginho (Coritiba) - 18ª rodada

Após 13 jogos no comando do Coritiba, Jorginho foi demitido depois de duas derrotas consecutivas de 2 a 1 para Santos e Ceará. Assim, o treinador teve um aproveitamento de 33,3%, sendo três vitórias, quatro empates e seis derrotas.

Bruno Lazaroni (Botafogo) - 18ª rodada

A passagem de Lazaroni como treinador do Botafogo foi bem curta. Após ficar apenas 27 dias no cargo do time carioca, Bruno foi demitido. A demissão veio logo depois da derrota para o Cuiabá, por 1 a 0, em casa, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. 

Domènec Torrent (Flamengo) - 20ª rodada

Contratado em julho para substituir o português Jorge Jesus, o treinador espanhol não conseguiu corresponder às expectativas no Flamengo. Apesar de deixar o Flamengo perto da liderança do Brasileirão, Torrent não passou confiança com o desempenho da equipe que sofreu duas grandes goleadas para São Paulo e Atlético-MG. Assim, após a derrota por 4 a 0 para o time mineiro, o espanhol foi demitido. 

Enderson Moreira (Goiás) - 21ª rodada

A passagem de Enderson Moreira foi breve e o desempenho ruim. Em 10 partidas no comando do Goiás, o treinador não venceu nenhuma partida, sendo derrotado sete vezes. Assim, o clube esmeraldino estava na lanterna do Brasileirão após a saída do treinador. 

Ramón Díaz (Botafogo) - 22ª rodada

Sem nem mesmo estrear no comando, o treinador argentino foi demitido do Botafogo. Isso mesmo, Ramon Díaz não esteve no comando técnico em nenhuma partida. Contratado em meio a um problema de saúde, o treinador deixou seu filho e auxiliar no comando enquanto se recuperava de um procedimento cirúrgico. Com os resultados ruins, a diretoria do clube alvinegro decidiu não poderia esperar mais pela recuperação e precisaria de um novo treinador. 

Carrinho
SimplesCombinada
Compre Créditos
pertinho de você!
Encontre o ponto de venda mais próximo
FÁCIL COMO USAR DINHEIRO

Como apostar no Betsul?

Apostar no Betsul é muito simples. E o primeiro passo é criar uma conta. Por questões legais, você precisa ter mais de 18 anos para apostar no Betsul. Depois, é só realizar seu login no site, fazer seu primeiro depósito e escolher a sua modalidade de preferência para apostar!